Emau da Univates submete proposta para combate ao novo coronavírus nas comunidades

Postado as 16/04/2020 14:44:27

Por Matheus Giovanella Laste

O Fórum Nacional de Reforma Urbana, em parceria com a União Europeia, lançou um edital para iniciativas locais de apoio nas periferias. O objetivo é fortalecer o combate à pandemia do novo coronavírus nas comunidades. O edital tem abrangência nacional e vai conceder auxílios de até R$ 9.000,00 para 10 organizações da sociedade civil. As entidades selecionadas devem executar as atividades no período de 23 de abril a 31 de maio de 2020.

Diante disso, o Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo (Emau) da Univates, com apoio da Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (FeNEA), escreveu uma proposta. De acordo com a professora Jamile Weizenmann, coordenadora do Emau, a proposta destina grande parte do valor para cestas básicas e o restante para a confecção de máscaras e material informativo. 

“Esse edital é uma oportunidade de garantir os direitos estabelecidos na Constituição Federal de 1988, que assegura os direitos sociais à educação, saúde, alimentação, segurança, entre outros”, complementa a professora. Jamile conta que o Emau está atento, em âmbito acadêmico, a oportunidades que possibilitem a união de esforços para auxiliar as comunidades vulneráveis. 

 A coordenadora comenta que desde 2019 o curso de Arquitetura e Urbanismo está desenvolvendo uma parceria com a Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sthas) de Lajeado com o objetivo de promover meios de integrar a Universidade às comunidades vulneráveis. 

O valor previsto pelo edital pode ser utilizado de diferentes formas, como aquisição de cestas básicas, kits de higiene, máscaras, confecção de materiais educativos para informar e orientar as comunidades mais vulneráveis, entre outros. O Emau entrou em contato com outras organizações, entidades e coletivos que estão apoiando sua proposta para o Fórum Nacional. Até o momento, a Sociedade de Engenheiros e Arquitetos do Vale do Taquari (Seavat), o grupo Conex de Lajeado, o Instituto dos Arquitetos do Brasil  no Rio Grande do Sul (IAB/RS) e o Diretório Acadêmico do curso de Arquitetura e Urbanismo da Univates confirmaram seu apoio à proposta encaminhada pelo Emau.

Para esse edital específico, Jamile afirma que a Sthas tem auxiliado o Emau a articular a melhor forma de direcionar esse recurso caso a proposta seja selecionada. “Acreditamos que essa primeira proposta servirá de base para outras que possam surgir. Diante disso, estamos planejando outras ações para ajudar no combate à Covid-19”, finaliza. O resultado da seleção será divulgado no dia 20 de abril.