Tuane Eggers

Pesquisa apresenta perfil profissional de estudantes da área de TI

Postado as 15/07/2020 11:15:42

Por Nicole Morás

O Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (Cetec) realizou uma pesquisa com o objetivo de mapear o perfil profissional dos estudantes de oito cursos das modalidades de ensino presencial e a distância. Foi constatado que, dos 330 respondentes, 63% trabalham em funções relacionadas à sua área de estudo. Esse percentual sobe para 76% entre os estudantes que já concluíram mais da metade da carga horária do curso. Conforme o professor Mouriac Diemer, esse dado é bastante expressivo e representa que  na área de tecnologia, especialmente Tecnologia da Informação (TI), há carência de profissionais, mostrando-se uma excelente oportunidade para quem deseja construir sua carreira nesse segmento.

Em alguns cursos o índice de empregabilidade em funções relacionadas às áreas de estudo passa de 80%. É o caso de Sistemas de Informação, em que 84% dos estudantes desempenham atividades profissionais nessa área. Ou então em Engenharia de Software, em que 86% dos estudantes que já concluíram mais da metade da carga horária do curso trabalham na área
Professor Mouriac Diemer

Tuane Eggers

A pesquisa também apontou que, em uma escala de 1 a 5, sendo 1 para a menor contribuição e 5 para a maior contribuição, 78,4% dos respondentes acreditam que o curso tem nota 4 ou 5 de contribuição para a sua atuação profissional. No curso de Engenharia da Computação, mais da metade dos respondentes atribuiu nota 5 para esse quesito. “Esse dado indica que o conteúdo abordado em sala de aula, as atividades nos laboratórios e outras oportunidades oferecidas ao longo do curso estão alinhados com as demandas do mercado de trabalho”, analisa Diemer.

Outro dado levantado foi que quase a metade dos estudantes, ou 49,1% dos respondentes,  concluiu um curso técnico antes de iniciar a graduação. Destes, mais de 80% cursaram técnico relacionado com a sua atual área de estudos.

 “Entre os cursos presenciais, o de Redes de Computadores chega a registrar 76% de estudantes com curso técnico completo. Nos cursos a distância, 71,4% dos respondentes de Gestão de Tecnologia da Informação concluíram um curso técnico em área afim; e esse percentual chega a 58,8% no curso de Análise de Sistemas EAD”, informa o professor.

Diemer acrescenta que as perspectivas futuras são os maiores motivadores na escolha dos cursos e que a maior parte dos estudantes tem mais de uma forma de recursos para pagamento da mensalidade, sendo principalmente recursos próprios e contribuição de familiares. Entre os estudantes dos cursos a distância, a prevalência de pagamento das mensalidades com recursos próprios é quase absoluta.

Inscrições abertas

Os cursos de Engenharia da Computação e Engenharia de Software são duas opções entre os 35 cursos de graduação presenciais oferecidos pela Univates. Na modalidade a distância são ofertados 18 cursos, entre bacharelados, licenciaturas e superiores de tecnologia. Para participar do processo seletivo, o candidato pode se inscrever gratuitamente no vestibular, que está sendo realizado de forma on-line, em www.univates.br/vestibular. Ao finalizar a inscrição, o candidato recebe e-mail com uma senha para acessar o ambiente virtual de prova em univates.br/startunivates. A prova pode ser realizada a qualquer momento e tem duração de até duas horas a partir do sorteio do tema da redação. A correção das provas acontece em até 48 horas, e o resultado é enviado para o e-mail do candidato, que, se aprovado, pode realizar sua matrícula de forma on-line em univates.br/startunivates.