Univates amplia a formação dos estudantes de licenciatura EAD por meio dos Programas de Residência Pedagógica e PIBID

Postado as 04/01/2021 09:48:05

Por Nicole Morás

A Universidade do Vale do Taquari - Univates oferta o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) para os estudantes de licenciatura desde 2010. O Programa de Residência Pedagógica é uma iniciativa mais recente, lançada em 2018. 

Recentemente, os estudantes dos cursos de licenciatura da Univates na modalidade de educação a distância (EAD) também passaram a ser contemplados com a oportunidade de participar de ambos os Programas. No último edital disponibilizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação do Brasil, a Instituição foi contemplada com 72 bolsas de Iniciação à Docência e 72 de Residência Pedagógica destinadas aos acadêmicos dos cursos de licenciatura presencial e EAD.  

O edital para bolsistas tem entrada permanente, conforme abrem novas vagas. Mais informações sobre a seleção podem ser obtidas em https://www.univates.br/residencia-pedagogica e https://www.univates.br/pibid/, ou por meio dos e-mails residenciapedagogica@univates.br e pibid@univates.br

O coordenador institucional do Pibid, professor Sérgio Nunes Lopes explica que, para que os programas atinjam os seus objetivos, é preciso articulação da universidade. “Os estudantes são encaminhados para as escolas onde têm a oportunidade de conviver no cotidiano da instituição amparado por um professor que, juntamente com os docentes da universidade, pensa em situações de aprendizagem envolvendo as turmas da educação básica na qual o estudante atua”. 

A coordenadora dos cursos de licenciatura EAD da Univates, professora Cláudia Inês Horn, detalha como se dá a iniciativa com os estudantes da modalidade a distância. “Os alunos integram todos os subgrupos e aprendem com colegas dos cursos presenciais, com professores preceptores e supervisores, bem como com os professores da Univates”, observa ela. Todos os sábados pela manhã, desde agosto de 2020, os estudantes reúnem-se para debater questões atuais sobre educação e, especialmente, os processos de ensino e aprendizagem nos espaços de ensino, além do cotidiano da escola contemporânea.

Envolvidos

Além das 72 bolsas por programa para licenciandos, que somam 144 pessoas, ambos os Programas articulam toda uma rede de profissionais para amparar a formação dos futuros educadores.

Divulgação

Além dos estudantes, mais de 40 outras pessoas estão envolvidas, entre bolsistas voluntários dos Programas, professores supervisores e preceptores das escolas parceiras, docentes coordenadores de área e orientadores. Somente na edição iniciada em 2020, somando-se os dois programas, são 15 escolas abrangidas, algumas das quais recebem simultaneamente o Pibid e o Programa de Residência Pedagógica.

Acervo pessoal

 

A estudante Andressa da Rosa Souza cursa História na modalidade presencial e participou do Pibid. “Essas práticas me permitiram perceber a escola e a sala de aula como locais de possibilidades, crescimento e formação. Percebo que meu olhar sobre a educação se tornou mais sensível”, ela diz. A mudança de percepção, segundo a estudante, provoca reflexos no seu planejamento das interações com os alunos em sala de aula. “Ao planejar tenho consciência de que faço isso para e com os estudantes. Enxergo que eles podem e devem se apropriar daquilo que proponho em sala de aula, e a partir disso criar suas próprias referências”. Para Andressa o Pibid possibilita vivências que abrem “janelas” para que ela tenha uma formação crítica, humana e constante.

Juliana Cristina da Silva estuda Pedagogia na modalidade a distância e participou da Residência Pedagógica.

Foi um momento de muito aprendizado. A residência me proporcionou uma experiência muito boa por meio do contato com as escolas. Nestes espaços fui bem recepcionada. Com certeza, a experiência me preparou para ser uma futura pedagoga bem capacitada
Juliana Cristina da Silva, estudante de Pedagogia EAD

 

Para Juliana a associação entre a teoria e a prática gera momentos de desafio e reflexão para os estudantes de licenciatura, socializados em grupos por meio dos encontros semanais aos sábados de manhã.

Histórico da Univates nos Programas

A Univates participou de cinco seleções desde 2010. Em todas as oportunidades os projetos da Univates foram aprovados (2010, 2012, 2013, 2018 e 2020). A Instituição estima que cerca de 1 mil estudantes já tenham sido contemplados com bolsas PIBID nesta primeira década. O Programa de Residência Pedagógica foi criado em 2018. É o segundo edital deste programa e, assim como o primeiro, a Univates teve seu projeto aprovado.