Público pode conferir imagens de satélite no site do NIH da Univates

Postado as 26/04/2021 14:01:17

Por Lucas George Wendt

O site do Núcleo de Informações Hidrometeorológicas (NIH) da Universidade do Vale do Taquari - Univates está com novas funcionalidades. Desde o início de abril é possível acompanhar imagens de satélite atualizadas a cada 15 minutos, representando as condições do tempo na região por meio do satélite meteorológico geoestacionário GOES-16 (Geostationary Operational Environmental Satellite) da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (National Oceanic & Atmospheric Administration) dos Estados Unidos. Além disso, agora também é possível ouvir a previsão do tempo diária por meio de áudios gravados pela equipe. 

Lucas George Wendt

Maria Angélica Gonçalves Cardoso

 

A meteorologista Maria Angélica Gonçalves Cardoso, responsável pelo NIH, explica que os sensores a bordo de satélites geram imagens sobre características da atmosfera e da superfície do planeta. “Uma das vantagens dessa ferramenta é que elas oferecem uma visão espacial de extensas áreas, o que permite identificar e acompanhar os sistemas meteorológicos, a cobertura de nuvens, entre outras informações disponibilizadas pelos canais do GOES-16. Essas informações vão ser muito úteis aos usuários do site do NIH”, diz ela. 

Imagens de satélite

A ferramenta está na página principal do NIH, em www.univates.br/nih, ou em https://www.univates.br/nih/tempo-real. Conforme o NIH, o GOES-16 permite um rastreamento mais acurado da nebulosidade associada a tempestades severas sobre as diferentes regiões do globo. A Univates utiliza três diferentes canais do satélite para coleta e disponibilização das imagens - o que resulta na possibilidade de acompanhar, a cada 15 minutos, as condições do visível (IR), do vapor de água (wv) e da temperatura do topo de nuvens (vis). 

GOES 16 canal 13 (IR) - O infravermelho é a região do espectro da emissão de calor. As imagens geradas ajudam a ter uma ideia da temperatura do topo das nuvens. Quando as nuvens aparecem bem brancas na imagem, é um indício de nuvens com topos frios, indicando nuvens altas ou nuvens de desenvolvimento vertical. Estes sensores fornecem imagens dia e noite.

GOES 16 canal 2 (vis) - Faixa onde a energia refletida (luz) está situada na região em que o olho humano é capaz de enxergar (comprimento de onda - 0,45 a 0,49 micrômetros). Utilizada para identificar textura e tipo de nuvens. Estes dados estão disponíveis somente durante o dia.

GOES 16 canal 8 (wv) - Esta funcionalidade utiliza a banda 8 do GOES-16 para identificar a distribuição de vapor de água em médios e altos níveis na atmosfera.

A imagem de alta resolução pode ser ampliada, gerando a possibilidade de ver as condições atmosféricas atuantes sobre a região a partir do recorte do satélite que mostra toda a América Latina.

 

Imagem do GOES 16 canal 13 (IR)

Imagem do GOES 16 canal 13 (IR)

GOES-16/NIH/Univates

Imagem do GOES 16 canal 13 (IR)
Imagem do GOES 16 canal 13 (IR)

GOES-16/NIH/Univates

Imagem do GOES 16 canal 8 (wv)
Imagem do GOES 16 canal 8 (wv)

GOES-16/NIH/Univates

Imagem do GOES 16 canal 2 (vis)
Imagem do GOES 16 canal 2 (vis)

GOES-16/NIH/Univates

Previsão do tempo em áudio

É possível conferir a previsão para os dias úteis em www.univates.br/nih. Os áudios estão disponíveis para download. A atualização é diária, em geral, sendo feita durante as manhãs. 

Como funciona a previsão do tempo do NIH? 

A previsão do tempo é organizada a partir da compilação das informações disponíveis em diferentes portais de clima e tempo, além do acompanhamento de variáveis meteorológicas registradas pela estação meteorológica da Univates, de Lajeado, e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)

Para isso, o setor consulta as mais variadas fontes, como: imagens do satélite meteorológico GOES 16 e modelos numéricos disponibilizados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), imagens de radar meteorológico divulgadas pela Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica (Redemet), mapas de previsão do tempo do National Centers for Environmental Prediction (NCEP/NOAA) e do Windy.

O NIH

O Núcleo atua nas áreas de meteorologia e hidrologia. Suas atividades consistem no monitoramento de elementos meteorológicos e hidrológicos, elaboração da previsão do tempo e transmissão dessas informações para veículos de comunicação da região. O NIH também acompanha alertas meteorológicos e hidrometeorológicos emitidos pelos sites do Inmet, INPE e Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). Além disso, as variáveis meteorológicas obtidas pela estação meteorológica instalada no campus da Univates, em Lajeado, formam um banco de dados de 18 anos, que pode ser utilizado tanto pelo público acadêmico como privado.