Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Professora da Univates integra a diretoria da Sociedade Brasileira de Eletroquímica e Eletroanalítica

Postado as 17/09/2021 11:43:29

Por Lucas George Wendt

A coordenadora administrativa do Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari – Tecnovates, professora Simone Stülp, também docente dos Programas de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis (PPGSAS) e em Ambiente e Desenvolvimento (PPGAD), foi eleita recentemente como vice-presidente da Sociedade Brasileira de Eletroquímica e Eletroanalítica (SBEE). 

A sociedade é composta por pesquisadores das áreas de eletroquímica e eletroanalítica e campos convergentes e, a cada dois anos, é responsável por realizar o Simpósio Brasileiro de Eletroquímica e Eletroanalítica (SIBEE) – que neste ano acontece de forma on-line, organizado por universidades do Mato Grosso do Sul. Em 2023 a expectativa é que o evento seja realizado no Rio Grande do Sul. A expectativa é estar à frente da organização do SIBEE em 2023, envolvendo a Univates neste importante evento de divulgação da ciência na área de eletroquímica. 

Nicole Morás

A professora Simone também participa, como pesquisadora, do Projeto Instituto Nacional de Tecnologias Alternativas para Detecção, Avaliação Toxicológica e Remoção de Micropoluentes e Radioativos (INCT-Datrem), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Por meio da inserção neste projeto de pesquisa, ela atua abordando e pesquisando técnicas eletroquímicas para detecção, tratamento e remediação de poluentes emergentes ambientais. As ações da pesquisadora no INCT-Datrem se desdobram, na Univates, na realização de um projeto de pesquisa que conta com alunos de iniciação científica, mestrandos e doutorandos que são envolvidos em parcerias institucionais com outras universidades. 

Os trabalhos da docente promovem a articulação e o envolvimento da Univates nos temas da eletroquímica e eletroanalítica com ações de pesquisa e, também, de ensino, como a oferta  de uma disciplina em rede no PPGAD por meio do INCT-Datrem, reunindo pesquisadores e estudantes de mestrado e doutorado da Univates, da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), dentre outras Universidades brasileiras. 

Participam da iniciativa cerca de 80 alunos de todo o Brasil no componente curricular “Tópicos Especiais em Eletroquímica I - Tratamento de Poluentes por Processos Avançados”, ofertado simultaneamente por diversos Programas de Pós-Graduação das universidades envolvidas. Quatro docentes são responsáveis pela organização do conteúdo e por dar sequência às atividades. Simone representa a Univates; a professora Adalgisa Rodrigues de Andrade, a USP Ribeirão Preto; o professor Emerson Schwingel Ribeiro, a UFRJ; e o professor Carlos Alberto Martinez Huitle, a UFRN.