Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Lucas George Wendt

Projeto de Extensão da Univates realiza oficinas para escolas da Educação Básica de outros estados brasileiros

Postado as 14/10/2021 15:01:23

Por Kástenes Casali

A Universidade do Vale do Taquari- Univates por meio do projeto de extensão Planetário Univates: divulgação científica e Astronomia ao alcance de todos, tem proporcionado oficinas de forma remota para a escola Ar Livre do município de Divinópolis, no estado de Minas Gerais (MG) e a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Carmelo Mendes da Silva, na cidade de Canaã dos Carajás no estado do Pará (PA). 

A escola de Divinópolis (MG) soube das atividades do planetário da Univates por meio da cartilha da Associação Brasileira de Planetários (ABP), ao qual o projeto é filiado desde 2018. Já a EMEF localizada em Canaã dos Carajás (PA) conheceu as ações por meio do perfil do planetário do Instagram.

Segundo a coordenadora do projeto Andréia Spessatto de Maman, de fevereiro até dia 7 de outubro o planetário da Univates atendeu cerca de 1500 estudantes de escolas públicas e privadas com diversas atividades online, abrangendo 26 escolas e 17 municípios nos estados do Rio Grande do Sul (RS), Pará (PA) e Minas Gerais (MG). ”A adaptação das oficinas para a modalidade remota ampliou significativamente o alcance do nosso planetário”, explica Andreia.

Conforme De Maman, temas relacionados à Astronomia contribuem e aprimoram a educação científica de estudantes da Educação Básica. Para ela, as ações virtuais promovidas durante este ano, como a comemoração de 7 anos do projeto em abril transmitida pelo Youtube, integrar eventos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e o III Encontro de Ensino de Astronomia do Oeste Catarinense promovido pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) durante este ano, fez com que o projeto alcançasse outros estados.

Nas oficinas para estudantes da Escola Básica, os assuntos geralmente estão relacionados aos temas de Astronomia que as turmas estão trabalhando, como estrutura e composição do Sistema Solar, fases da Lua e eclipses, solstícios e equinócios, observação do céu noturno (com software específico) e fusos horários são os temas mais solicitados.

Mais informações podem ser obtidas pelo email planetario@univates.br.

Lucas George Wendt

Sobre o planetário

O projeto é coordenado pela docente Andréia Spessatto de Maman desde 2019, mas ela integra o planetário desde sua fundação em 2014. O planetário objetiva explorar e divulgar assuntos relacionados à Astronomia, o projeto realiza oficinas, sessões de observação do céu com telescópio e sessão de projeção por meio de um planetário móvel, que representa o céu terrestre com auxílio de uma lente e projeta objetos celestes em forma de cúpula, numa perspectiva tridimensional.