Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Antônio Luiz Marini Marchi

Administração municipal de Osório conhece projeto de biodigestor no Vale do Taquari

Postado as 15/10/2021 15:34:41

Por Pietro Marques, do Correio do Imbé, e Redação Univates

Na sexta-feira, 8, o prefeito de Osório, Roger Caputi, acompanhado do secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pecuária, Fernando Campani, e o veterinário do Canil Municipal, Fábio Ferreira, estiveram nos municípios de Estrela e Lajeado conhecendo o projeto de biodigestor e produção de biogás. A administração municipal tem o desejo de implantar um projeto piloto de biodigestor em Osório com o intuito de utilizar os resíduos produzidos pelos animais do canil.

Em Lajeado, a administração municipal visitou a Universidade do Vale do Taquari - Univates e o Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari - Tecnovates, onde conheceu a estrutura do campus, todo o processo de pesquisa e os laboratórios que analisam os produtos possíveis de serem utilizados na produção do biogás. Também na Universidade foi conhecido o projeto de biodigestor que produz e gera gás para utilização em cozinha.

Na empresa Rola Moça, em Estrela, foi conhecido o sistema que reutiliza resíduos do restaurante industrial. O gás gerado através desse processo é utilizado na cozinha para confecção da alimentação dos funcionários.

O prefeito Roger Caputi afirmou que o município busca o conhecimento de novas tecnologias e novas parcerias, com o intuito de implantar novos projetos em Osório. “Trocamos experiências e convidamos os profissionais de Estrela e Lajeado para estarem conosco em Osório e de algum modo construir junto uma parceria. Falamos sobre os resíduos produzidos pelos animais do canil e de que forma poderíamos reutilizar esse material. Uma matéria orgânica que poderíamos através de estudo, de pesquisa, reaproveitar e utilizar o sistema de biodigestor. Temos esse desejo de implantar um projeto piloto com o objetivo de utilizar esse material”, explicou o prefeito.

O secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pecuária Fernando Campani frisou a importância do município conhecer projetos que utilizam novas tecnologias que tem o viés da sustentabilidade.

Texto originalmente publicado aqui.

Pietro Marques