Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Univates apresenta pesquisas publicadas em revistas científicas na última semana

Postado as 22/10/2021 10:11:07

Por Lucas George Wendt

O trabalho científico de um pesquisador é contínuo, ou seja, suas descobertas, quando observadas na totalidade, permitem compreender o conjunto do seu trabalho. É desta forma que a ciência avança: aos poucos, com cada trabalho funcionando como a peça de um quebra-cabeça que completa um cenário de pesquisa. E que pode abrir margem para mais perguntas. 

Na Universidade do Vale do Taquari - Univates, diferentes equipes trabalham produzindo conhecimento científico. Entre pesquisadores e estudantes – bolsistas de iniciação científica, de mestrado e de doutorado –, são cerca de 500 pessoas diretamente envolvidas buscando na ciência as respostas para a solução de problemas coletivos e de inquietações de pesquisas individuais. 

Todos os dias as equipes de pesquisa da Univates divulgam seus achados em publicações periódicas científicas nacionais e internacionais. Semanalmente os artigos científicos mais recentes serão destacados no site da Instituição. 

Confira o que a Univates publicou de 15 de outubro a 22 de outubro de 2021

Título do artigo: Selvagens diante do espelho eurocêntrico: marketing como dispositivo de (re)produção e gestão da matriz de poder colonial

Autoria: Getúlio Sangalli Reale e Marlon Dalmoro 

Revista científica: Rimar 

Do que trata a pesquisa científica: apesar de a colonialidade que opera no episteme do marketing ter sido descrita por estudos prévios, é importante reconhecer que o marketing também opera como um dispositivo para (re)produção da própria colonialidade nas práticas cotidianas de gestores e consumidores. Assim, a partir do contexto empírico do futebol e orientado para práticas de gestão de marketing, buscamos compreender como o marketing se constitui como uma ferramenta da (re)produção e gestão da matriz de poder colonial. Para isso, esse artigo é elaborado a partir do diálogo entre a perspectiva dos estudos descoloniais latino-americano e uma experiência etnográfica no Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Por meio de dispositivos produzidos pelos gestores, o marketing faz circular uma estética e o desejo por viver uma realidade parecida e distante da nossa própria subjetividade. Nesse processo o marketing trama narrativas e imagens, práticas de relação e arquiteturas que agem, mesmo que com resultados incertos, para construção do consumidor tomador de decisões racionais, com corpos modelados para a fruição pacífica de uma estética europeia de espetáculo de futebol, criando subjetividades colonizadas. Por fim, refletimos como podemos superar a imagem distorcida de selvagens que enxergamos diante do espelho eurocêntrico para construir imagens a partir de uma subjetividade autônoma.

Vinculação: Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis (PPGSAS) 

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: Paisagem cultural e as fazendas do Piauí/Brasil - séculos XVII-XX

Autoria: Neuza Brito de Arêa Leão Melo e Neli Teresinha Galarce Machado

Revista científica: Estudo & Debate 

Do que trata a pesquisa científica: as fazendas estabelecidas entre os séculos XVII e XX são os alvos da presente pesquisa, por serem, ao longo do tempo, grandes motivadoras econômicas e indutoras da formação do Piauí e, ainda, da urbanização de algumas das cidades mais antigas do Estado. A partir de seu estudo, busca-se compreender as diversas formas de adaptação e transformação do meio ambiente, além de dar visibilidade e reconhecimento ao patrimônio rural piauiense e sua paisagem cultural. Desse modo, objetiva-se apresentar um contexto geral das fazendas do Piauí, fundadas entre os séculos XVII e XX a partir da arquitetura e das relações ambientais e históricas entre os diversos sujeitos e espaços, por meio da compreensão dos aspectos contextuais envolventes e de alguns conceitos norteadores. Essa pesquisa tem perfil exploratório, é descritiva e explicativa, utilizando-se da pesquisa bibliográfica e documental. A partir da análise feita constatou-se a relevância desses espaços na produção de lugares e de paisagens culturais que envolvem o pensar acerca do meio ambiente piauiense.

Vinculação: Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento (PPGAD)

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: Ações de educação ambiental desenvolvidas em escolas do interior da Bahia

Autoria: José Oliveira de Assis, Claudete Rempel e Mônica Jachetti Maciel

Revista científica: Estudo & Debate 

Do que trata a pesquisa científica: a Educação Ambiental (EA) consiste nos processos em que o indivíduo ou um grupo de pessoas toma consciência de sua realidade global enquanto parte integrante do meio ambiente. O estudo da EA no espaço escolar visa à formação de cidadãos conscientes sobre a preservação do meio ambiente, aptos a tomar decisões individuais e coletivas sobre questões ambientais necessárias para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável. O presente trabalho teve como objetivo analisar as ações de EA desenvolvidas em duas escolas do interior da Bahia (BA). Para isso foram investigadas as atividades realizadas em algumas disciplinas. Esta é uma pesquisa descritivo-exploratória que foi realizada com professores e alunos do Ensino Fundamental e Médio de duas escolas do interior de Ipirá-BA, por meio da aplicação de um questionário estruturado. Por meio desta pesquisa pôde-se verificar que existe deficiência nas escolas em garantir uma formação adequada aos professores para que eles possam desenvolver, em sua prática docente educativa, os conteúdos de maneira integrada e associada, no sentido de promover uma nova tomada de direcionamento e conscientização acerca das questões ambientais. Porém, perceberam-se que algumas ações, ainda que incipientes, são desenvolvidas.

Vinculação: Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis (PPGSAS)

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: Jogos de linguagem, matemática e anos iniciais do ensino fundamental: um estudo de inspiração etnomatemática

Autoria: Tatiane Cristine Bernstein, Ieda Maria Giongo e Márcia Jussara Hepp Rehfeldt

Revista científica: Estudo & Debate 

Do que trata a pesquisa científica: o presente artigo apresenta resultados advindos de uma investigação que teve como objetivo central examinar os jogos de linguagem matemáticos expressos por um grupo de estudantes de quarto ano de uma escola pública gaúcha quando fazem uso de jogos digitais. Qualitativa, a pesquisa fez uso de aportes teórico-metodológicos em consonância com estudos do campo da etnomatemática. O material de pesquisa se constituiu de diário de campo da professora pesquisadora, filmagens das aulas e material escrito e produzido pelos estudantes. A análise do material de pesquisa, descritiva, apontou, dentre outros, para a emergência de distintas formas de operar com cálculos, com o uso dos membros superiores do corpo humano, a produção de sequências numéricas e a permuta dos números decimais em naturais. Tais resultados mostram a produtividade, para os processos de ensino de matemática, de práticas pedagógicas etnomatemáticas alicerçadas na cultura dos estudantes.

Vinculação: Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Exatas (PPGECE)

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: Alfabetização científica e/ou letramento científico: reflexões sobre o Ensino de Ciências

Autoria: Francisco Jucivanio Felix de Sousa, Lígia Vieira da Silva Cavalcante e José Claudio Del Pino

Revista científica: Revista Educar Mais

Do que trata a pesquisa científica: o artigo apresenta os resultados de uma pesquisa qualitativa, de natureza exploratória, por meio de procedimento bibliográfico cujo objetivo foi promover a compreensão dos conceitos de Alfabetização Científica (AC) e Letramento Científico (LC) e a sua função e importância no ensino das ciências na educação básica. São apresentadas as conceituações de AC e LC, seguidas de um resgate histórico do ensino de ciências no processo de aprendizagem formal, destacando as diversas adaptações que esse ensino sofreu até sua mais recente estruturação, de acordo com os documentos que normatizam a educação brasileira. São realizadas algumas incursões visando à reflexão sobre a necessidade de uma formação integral dos educandos, com criticidade e ética, por meio de atividades que relacionem diferentes áreas e esferas da vida em sociedade. Conclui-se que, para atingir uma educação nesses moldes, é necessário um ensino que esteja além da assimilação de conceitos e fórmulas no âmbito do ensino das ciências, buscando o entendimento dos conceitos e aplicações no cotidiano, com vistas a uma transformação social a partir da ciência e da tecnologia.

Vinculação: Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGEnsino)

Publicado quando: outubro de 2021

Saiba mais sobre as publicações científicas 

Os periódicos científicos são espaços reservados à comunicação científica. É por meio deles que os estudos são divulgados e os conhecimentos técnicos, acadêmicos e científicos são postos à disposição da sociedade. Assim como os eventos científicos, são espaços formais de apreciação e crítica do trabalho de pesquisadores – o que permite à ciência evoluir por meio da construção colaborativa do conhecimento, que só é possível se as informações científicas circularem. 

As pesquisas científicas podem estar vinculadas a projetos de pesquisa, que seguem as diretrizes institucionais para produção do conhecimento científico, estando ligadas aos Programas de Pós-Graduação – nesses espaços, em geral, relacionadas ao trabalho dos pesquisadores docentes da Univates ou ao trabalho dos mestrandos e doutorandos –, ou também podem ser desenvolvidas nos cursos de graduação como requisito para obtenção dos títulos de bacharel, licenciado ou tecnólogo.