Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Professora do curso de Enfermagem apresenta trabalho que analisa indicadores de violência doméstica contra mulher na 16ª CRS

Postado as 19/11/2021 19:46:33

Por Lucas George Wendt

Lucas George Wendt

A professora e coordenadora do curso de Enfermagem da Universidade do Vale do Taquari - Univates, Paula Michele Lohmann, esteve representando a Instituição no evento I Sereti - I Seminário Regional Sobre Educação, Tecnologia e Inovação em Saúde, que aconteceu entre os dias 16 e 18 de novembro. O evento é totalmente online e gratuito e foi organizado pela Escola de Saúde Pública (ESP/SES-RS), com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs). 

A participação de Paula aconteceu na última quinta-feira, 18, na mesa redonda “A Pesquisa em saúde - Realidades regionais”. A docente apresentou um estudo que analisa indicadores de violência contra mulher provenientes das notificações do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), estudo que foi desenvolvido por ela e pela aluna do programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família da Univates, Clara Raquel Battisti.

O Seminário contou com a participação de pesquisadores com formações profissionais diversas e de diferentes instituições, contribuindo para promover a interdisciplinaridade e a diversidade nas experiências. É um esforço coletivo para construir espaços de discussão da pesquisa em saúde e a produção do conhecimento em suas diferentes dimensões, voltado às políticas públicas de saúde e comunidade geral. Além dos minicursos, o Seminário teve espaços de discussão sobre a ciência e produção do conhecimento, seus desafios relacionados no contexto pandêmico, Telemedicina e teleconsulta, e outros tópicos relevantes para a área da Saúde. 

Divulgação/Univates

“Além da apresentação dos resultados do nosso estudo, o evento oportunizou reforçar a importância da relação entre a Universidade e a Rede/Coordenadoria Regional de Saúde, apresentar e discutir o que desenvolvemos enquanto pesquisadores e em parceria com a Coordenadoria”, destaca a docente Paula.  

"Entendemos que os frutos deste trabalho colaborativo estão intimamente relacionados às práticas de saúde em benefício da nossa comunidade. A expectativa é de que a pesquisa possa ser útil aos profissionais, gestores e demais pesquisadores no exercício de planejar em saúde, pois planejar é um dos mecanismos relevantes para assegurar a unicidade e os princípios constitucionais do SUS”, complementa a docente.