Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Estudantes de Bento Gonçalves realizam práticas nos laboratórios da Univates

Postado as 25/11/2021 08:20:59

Por Lucas George Wendt

Divulgação

Estudantes do Ensino Médio do Colégio Sagrado Coração de Jesus, de Bento Gonçalves, estão realizando atividades de pesquisa na Universidade do Vale do Taquari - Univates. O projeto Hora de Liderar, promovido pela própria escola, busca aproximar os alunos de áreas do mercado profissional, como a de pesquisa. Nos encontros realizados nos laboratórios da Univates, o grupo analisa a qualidade da água da escola, de casa e do rio das Antas ou de outros pontos da Serra. 

Na Univates, os estudantes são acompanhados pela professora Lucélia Hoehne, do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGBiotec) da Univates, que pesquisa a qualidade da água e desenvolve um projeto sobre micropoluentes. 

 

Divulgação

Recentemente oito estudantes acompanhados pelas professoras da escola Kelly Vivan e Rosângela Britto estiveram na Univates. Os alunos estão cursando o 1º, 2º e o 3º ano do Ensino Médio no Colégio Sagrado Coração de Jesus. 

A escola abre a possibilidade de os estudantes terem contato com diferentes áreas de pesquisa no projeto Hora de Liderar. No caso da Univates, um projeto de pesquisa que aborda micropoluentes é o ponto de contato dos alunos de Ensino Médio, que mobilizam conhecimentos das aulas de Química para realizar as atividades propostas pela Universidade. 

De acordo com a professora Lucélia, a ação é ótima para que os estudantes despertem o interesse pela área a partir do contato com o laboratório. “A atividade permite a interação dos alunos da escola com os da graduação. Há aprendizagem de todos os lados, dos estudantes da escola, que têm contato com práticas de laboratório e conceitos teóricos, e dos da graduação, que também são bolsistas, e que aprendem a repassar o conhecimento”, destaca a professora.

As análises observam elementos como pH da água, turbidez, cor e presença de fármacos nas amostras obtidas pelos estudantes. Ao final, a escola e a Univates desenvolvem publicações científicas em parceria, de forma que os estudantes podem experimentar ser pesquisadores juniores, além de o Colégio Sagrado Coração de Jesus participar da Feira de Ciências, evento anual que a Instituição realiza.