Conhecimento, integração e aprendizado

Postado em 23/08/2017 15h21min

Por Artur Dullius

Segundo o dicionário Houaiss, o termo estudar remete a “adquirir habilidade ou conhecimento, cursar aulas ou frequentar cursos”. Mas aprender também é possível por meio das mais diversas atividades, entre elas a prática esportiva. Na Univates, durante cerca de seis meses, professores e alunos deixam por alguns momentos o ambiente de sala de aula para colocarem em campo/quadra as habilidades e o espírito de integração.
 
Já enraizada na Instituição, a Copa Univates/DCE iniciou há 13 anos e alcançou em 2016 número recorde, movimentando mais de 1,2 mil atletas. “Mais que oferecer ao aluno a formação acadêmica, nos preocupamos em fomentar também a cultura, o lazer e o esporte. A Copa é sinônimo de integração entre cursos e profissionais de diferentes áreas, ampliando sua função de esporte e recreação para um momento de convivência, trocas e diversidade”, explica o reitor, Ney Lazzari.
 
Atualmente as competições acontecem entre os meses de maio e novembro e abrangem oito modalidades: atletismo, voleibol, futebol de campo, ginástica de trampolim, futsal, basquetebol, natação e handebol. “Seja na vitória ou na derrota, nas articulações em grupo, nos momentos de liderança, na montagem das equipes ou nos jogos, é um momento recheado de experiências extraclasse importantes na formação do futuro profissional que sairá da Univates”, explica Clairton Wachholz, gerente do Complexo Esportivo da Univates.
 
Mais do que a integração entre acadêmicos, a competição também estimula a troca entre os diferentes públicos presentes no dia a dia da Instituição. É o caso de Helio Schauren e Rafael Volken. Professor e aluno do curso de Direito, os dois mantêm uma relação de amizade fundamentada na sala de aula e lapidada dentro das quadras. “Essas oportunidades acabam propiciando que a gente conheça melhor os alunos, estreitando assim os laços”, afirma o professor.
 
Além dessa percepção, Volken acredita que esta é uma oportunidade de desmistificar a visão do professor como ser superior ao aluno. “É uma pessoa igual só em função diferente, e a Copa proporciona justamente isso, pois estamos lado a lado buscando o mesmo objetivo”, lembra o acadêmico. 
 
Em 2016 o estudante concluiu o curso e encerrou as possibilidades de participar da competição. Depois de dois anos Volken leva de lembrança o bicampeonato no basquete e a relação com o grupo, que agora permanece fora do ambiente acadêmico. “Eu saio da universidade mas permaneço no contato com o pessoal, pois nossa turma de basquete sempre se reúne para momentos de integração. Agora passo a ser um torcedor do grupo”, garante Volken.
 
Esta matéria faz parte da edição nº 4 da Revista Univates. Confira a versão digital aqui.
 
Inscrições abertas
A prática esportiva volta a ganhar ares pelo campus da Univates no segundo semestre deste ano, com as competições da 10ª Copa Univates/DCE. Alunos e professores interessados em participar ainda podem garantir seu lugar nas disputas de basquetebol, ginástica de trampolim, handebol e natação, que recebem inscrições até o dia 25 de agosto. O edital completo e as fichas de inscrições podem ser conferidos no site www.univates.br/esporte-e-saude/copa-univates-dce. Detalhes podem ser obtidos pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5805, ou pelo e-mail complexo@univates.br.
 
Texto: Artur Dullius
Volken e Schauren

Ana Amélia Ritt

Depois de dois anos Volken leva de lembrança o bicampeonato no basquete e a relação com o grupo

Divulgação

Copa Univates/DCE alcançou em 2016 número recorde, movimentando mais de 1,2 mil atletas

Artur Dullius

Notícias Relacionadas