Índice de notas máximas da Univates é seis vezes maior do que a média estadual

Postado as 20/12/2018 13:33:13

Por Elise Bozzetto

Apenas 6% (43) dos cursos avaliados no Rio Grande do Sul (770) alcançaram a nota máxima (5, numa escala de 1 a 5) no Conceito Preliminar de Curso (CPC), divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) nesta semana. Na Univates, o índice de notas máximas é de 35%, seis vezes maior do que a média estadual. Apesar de representar 2% dos universitários gaúchos, a Universidade do Vale do Taquari possui 16% dos cursos do Estado com nota máxima.

Elise Bozzetto

Se comparado à média brasileira, a diferença é ainda maior: apenas 2,26% dos cursos no Brasil possuem nota 5, ou seja, a Univates conquistou média quinze vezes maior do que a média das universidades do País. Outra peculiaridade do bom desempenho do RS é que apenas duas universidades contabilizam juntas 35% dos melhores cursos. A Univates teve 35% dos cursos com nota 5 (7 dos 20 avaliados), enquanto a Unisinos obteve desempenho máximo em 21,6% dos cursos avaliados (8 dos 37 avaliados).

 

O CPC é calculado, entre outros fatores, a partir das notas obtidas no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), que a cada ano avalia um grupo diferente de cursos. Em 2017 foram avaliados os cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas EAD (nota 4), Arquitetura e Urbanismo (nota 4), Ciências Biológicas bacharelado (nota 3), Ciências Biológicas licenciatura (nota 4), Educação Física licenciatura (nota 5), Engenharia Ambiental (nota 4), Engenharia Civil (nota 4), Engenharia da Computação (nota 4), Engenharia de Controle e Automação (nota 3), Engenharia de Produção (nota 5),  Engenharia de Software (nota 4), Engenharia Mecânica (nota 3), Engenharia Química (nota 4), História (nota 5), Letras - Português (nota 5), Letras - Português/Inglês (nota 4), Letras - Português/Espanhol (nota 5), Pedagogia (nota 5), Redes de Computadores (nota 4) e Sistemas de Informação (nota 5).

Elise Bozzetto

Nota alta também no IGC

 

Entre as instituições particulares gaúchas, a Universidade do Vale do Taquari é a segunda melhor no conceito graduação e a quarta melhor no Índice Geral de Cursos Avaliados (IGC). A Instituição figura ainda entre as cinco melhores universidades privadas do Brasil no conceito graduação. Os programas de pós-graduação também tiveram destaque na avaliação do MEC: a Univates ficou entre as quatro melhores no conceito mestrado no Estado.

 

O IGC manteve nota 4, considerada excelente pelo MEC (numa escala de 1 a 5). Apenas 20% das instituições do País alcançam este índice de excelência (notas 4 e 5), ficando a maioria (50%) com conceito satisfatório (nota 3).

Para a Pró-reitora de Ensino, Fernanda Pinheiro, os indicadores são extremamente importantes não só para reconhecer a qualidade dos cursos oferecidos pela Univates, mas também para a melhoria do trabalho, pois são os critérios oficiais de avaliação dos cursos superiores no Brasil. "Estamos constantemente monitorando estes resultados, que nos permitem identificar em certa medida quais são os pontos fortes dos nossos cursos e o quanto nossas ações em sala de aula e fora dela refletem na aprendizagem dos nossos estudantes. Estamos muito felizes com o resultado desse ciclo, que demonstra o compromisso da Univates com a formação de professores e de profissionais da área das engenharias e a qualidade dos futuros profissionais que escolheram estudar aqui. É claro que isso é resultado do trabalho de muita gente, da dedicação dos estudantes, dos professores, coordenadores de curso, funcionários técnico-administrativos, todos extremamente envolvidos com o que se faz aqui. Encerramos o ano com excelentes motivos para comemorar", comenta.

Elise Bozzetto

Saiba mais sobre este ciclo

 

A Univates obteve excelente resultado, com 85% dos cursos avaliados com notas 4 e 5, consideradas excelentes pelo MEC. Os cursos de Engenharia de Software e Letras - Português/Espanhol são os melhores do Brasil. O curso de História é avaliado como o melhor de todo o RS. Entre as privadas, ele também é o segundo melhor do Brasil.

 

Os cursos de Pedagogia e Sistemas de Informação são considerados os melhores do Sul do Brasil. Destaque também para Engenharia da Produção, classificado como o segundo melhor curso do Estado e o sexto mais bem avaliado do Brasil.

Elise Bozzetto

Engenharia da Computação e Redes de Computadores foram avaliados entre os três melhores cursos do RS. Entre as particulares, Engenharia da Computação é o segundo melhor avaliado de todo o Brasil. Educação Física licenciatura, que alcançou nota 5 no Enade este ano, é o terceiro no ranking do RS e o quarto melhor do País entre as particulares.

 

Outros cursos avaliados neste ciclo foram Ciências Biológicas licenciatura e Engenharia Civil (ambos entre os três melhores do RS entre as particulares), Engenharia Mecânica (quarto melhor do RS entre as universidades privadas), Arquitetura e Urbanismo (quinto melhor curso do RS) e Engenharia Ambiental (sexto melhor do Brasil entre as particulares).