Tecnologia da informação permite que profissionais ultrapassem fronteiras

Postado as 18/12/2019 10:51:02

Por Vinicius Mallmann

 

O segmento da Tecnologia da Informação (TI) vem se destacando dentre as carreiras mais promissoras da atualidade. É fato que a tecnologia está em tudo que vemos, ouvimos e vivemos, seja por opção, seja por necessidade. O acesso facilitado à informação, a automação de processos e a melhor gestão financeira e de recursos são alguns exemplos de benefícios para as empresas. No âmbito pessoal, existe a possibilidade de realizar desde pesquisas simples na internet até reservas de passagens aéreas e hotéis, comprar produtos, contratar serviços e muito mais, tudo apenas por meio de um smartphone.

Divulgação

Conforme o professor do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (Cetec) da Univates Fabrício Pretto, todas as facilidades de produtos e serviços oferecidos por meio do livre acesso à tecnologia geram demandas constantes no mercado de trabalho. “Atualmente a procura por mão de obra de profissionais de TI está estimada na casa de 350 mil novas oportunidades no País até 2024, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). Na região do Vale do Taquari, o número de 100 vagas na área de TI é tranquilamente ultrapassado. Se a análise de vagas for expandida para o Vale do Rio Pardo e a Serra Gaúcha, esse número vai muito além”, salienta.

 

Na Universidade do Vale do Taquari - Univates, o cenário dos estudantes dos cursos de Engenharia da Computação e Engenharia de Software confirma que a área é promissora. Em pesquisa realizada recentemente com os estudantes, constatou-se que cerca de 90% deles estão empregados em área vinculada ao curso. Os alunos dos semestres iniciais, ainda não atuantes, logo conseguem colocação no mercado de trabalho, pois a procura por profissionais é muito alta.

Possibilidades internacionais para profissionais da área

 

Além das oportunidades profissionais no Vale do Taquari, alguns estudantes da Instituição já romperam as fronteiras nacionais e estão atuando em empresas estrangeiras, nas quais também há muitas vagas disponíveis. “Uma grande característica da área de TI é a possibilidade de atuar a distância, modalidade que tem crescido muito em nosso País, principalmente no segmento de desenvolvimento de software”, explica Pretto.

Arquivo Pessoal

 

Entre idas e vindas do Brasil para a Áustria, Matheus Netto, 29, atua como Senior Full-Stack Developer na empresa Gravit - Corel Corporation há quase quatro anos. Atualmente ele trabalha remotamente em casa no Brasil e se comunica semanalmente com a equipe localizada no Canadá por meio de transmissões de vídeo, voz e texto. Ele relata a importância da formação acadêmica em seu trabalho. “Trabalho bastante com a ferramenta de desenho vetorial. As aulas de álgebra linear foram essenciais para o desenvolvimento de certas atividades. Além disso, todas as disciplinas relacionadas ao desenvolvimento de software foram fundamentais, como Programação Orientada a Objetos, Computação Gráfica, Algoritmos, Estrutura de Dados e Banco de Dados”, destaca.

Arquivo Pessoal

Colega de trabalho de Matheus, Klaus Etgeton, 25, atua há dois anos na empresa. De maneira remota possui suas tarefas, reuniões e prazos. “É muito interessante, pois passamos a ter uma visão mais crítica sobre as diferenças culturais e evoluímos no modo de agir com pessoas de diferentes culturas. Além disso, a diferença de fuso horário impacta diretamente a colaboração em projetos que são realizados em conjunto”, comenta. Matheus e Klaus se formarão no curso de Engenharia de Software em 2019B e 2020A, respectivamente.

 

Formado em Engenharia de Software, Leandro Vian, 35, reside há cinco meses na Alemanha, onde fica a sede da empresa Wayfair, na qual atua como engenheiro de software. De mala e cuia, ele partiu para a Europa com sua esposa e filho. Mesmo tendo a possibilidade de trabalhar remotamente, Leandro comenta que prefere estar com os colegas de equipe para compartilhar e somar em suas experiências. “Antes de vir para a Alemanha, eu tinha a percepção de que havia uma boa procura por desenvolvedores por aqui, devido ao grande número de vagas e recrutadores ativos vistos no LinkedIn. Agora vejo que a procura é ainda maior do que eu imaginava, existem muitas vagas na área de TI em toda a Europa”, afirma. 

Inscrições abertas para o Vestibular

 

A Univates está com inscrições abertas para o Vestibular, que podem ser realizadas pelo site univates.br/vestibular. Além dos cursos presenciais, a Instituição oferece 18 cursos a distância (EAD). É possível ingressar em um curso presencial ou EAD com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2009 ou aproveitando o resultado de um vestibular anterior da Univates. Os que desejam estudar em um curso EAD podem se inscrever em univates.br/ead/inscricao. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail vemprauni@univates.br ou pelo telefone 0800 7 07 08 09.