O que fazem os advogados?

Postado as 17/01/2020 13:43:27

Por Lais Pontin Matos

Sabia que apenas alguns advogados 👨‍⚖️ têm como instrumento de trabalho um martelinho dourado e um púlpito de tribunal? O ramo de atuação para graduados em Direito é extremamente abrangente. Em termos práticos, isso significa que, caso desejem, os diplomados podem experimentar desempenhar diversas atividades dentro da profissão que escolheram exercer. A gente aposta que, a esta altura do júri 😂, suas sobrancelhas estão franzidas em expressão de dúvida: “oras, mas o que de fato fazem os profissionais que passaram no mínimo cinco anos estudando para transformar a sociedade em um lugar melhor e mais justo?”. O post de hoje apresenta três cláusulas 📝 (palavrinha muito utilizada no mundo da advocacia, aliás) que descrevem opções de carreira na área do Direito. Lendo-as atentamente você descobrirá que não somente proferindo sentenças absolutórias (aquelas que isentam os réus de culpa) ou condenatórias vivem os advogados

Nicole Morás

📝Cláusula I: Estabelece que advogados podem abrir seus próprios escritórios de advocacia

Montar e gerenciar o próprio negócio é o sonho de muitas pessoas que concluem a faculdade. Com o diploma em mãos e a situação regulamentada na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), os profissionais formados no curso de Direito, se desejarem, podem começar a empreender na área jurídica abrindo e administrando seus escritórios de advocacia. 🙌

Tuane Eggers

Você sabia que advogados que trabalham por conta própria desenvolvem habilidades capazes de melhorar suas vidas para além do âmbito profissional? Por exemplo: com o tempo, exercendo atividades de forma autônoma, os indivíduos  acabam aprendendo a administrar melhor seu tempo e a aprimorar sua capacidade de relacionamento interpessoal e a maneira como lidam com imprevistos.

Existem diversas possibilidades de atuação profissional para advogados que desejam seguir carreiras independentes (não vinculadas a cargos em organizações). Saiba mais sobre duas opções de áreas nas quais graduados em Direito podem atuar dando uma espiadinha nas 📝 cláusulas II e III. 

📝Cláusula II: Estabelece que advogados podem trabalhar no ramo de Direito Digital

Tuane Eggers

Talvez você já tenha se perguntado: o que fazem os advogados que atuam na área de Direito Digital 🤔💻? Vamos lhe explicar direitinho: esses profissionais trabalham fiscalizando as condutas que caracterizam as relações no ambiente on-line. No Brasil as três principais normas que regulamentam o ramo são o Marco Civil da Internet, a Lei Carolina Dieckmann e a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

O desenvolvimento da tecnologia permitiu a pessoas e empresas beneficiarem-se dos recursos da internet para interagir e fazer negócios. A previsão é de que cada vez mais o ambiente on-line reúna comodidades e serviços, potencializando a relevância da área de Direito Digital. Os especialistas dizem, inclusive, que o ramo já é tendência profissional 😎 na sociedade. De acordo com informações do site Salário, advogados especializados em Direito Digital recebem salários que giram em torno de R$ 4.600 mensais.

📝Cláusula III: Estabelece que advogados podem trabalhar no ramo de Direito de Defesa do Consumidor

Imagine que você passou um tempão economizando para comprar uma televisão novinha em folha, cheia de funções legais. Depois de algumas semanas de uso, o aparelho, sem mais nem menos, pifou. Diante de uma situação assim, é normal que qualquer ser humano respire bem fundo e pergunte a si mesmo: “oh, e agora, quem poderá me defender?” 😱

Tuane Eggers

Para resolver problemas que, à primeira vista, parecem impossíveis de serem solucionados, chame os advogados de defesa dos consumidores (e não o Chapolin Colorado, que provavelmente deve estar de férias 🤣). Esses profissionais são responsáveis por cuidar dos casos relacionados ao consumo e à defesa dos direitos que as pessoas, sejam elas físicas ou jurídicas, possuem em relação a determinado produto, bem ou serviço.

Tuane Eggers

No ramo do Direito do Consumidor existem diversas oportunidades 👏 para os advogados que nele desejam trabalhar. Se quiserem, por exemplo, os profissionais podem oferecer assistência aos fornecedores (aqueles que fornecem produtos ou serviços aos consumidores) ou trabalhar com consultoria jurídica, prestando auxílio especializado (aconselhamento, elaboração de contratos, emissão de pareceres, dentre outras funções) a organizações, estabelecimentos comerciais e empresários. Segundo informações do site Mundo Vestibular, os salários de advogados que atuam em órgãos de iniciativa privada na área de Direito do Consumidor chegam a R$ 3.500 mensais.

🤝Resolução final: tendo tudo isto posto, acorda-se que...

[…], caso queira cursar Direito e tornar-se um advogado, você ficará constantemente de olho 👀 nas diversas oportunidades que o mercado de trabalho da sua área oferece. Sem desculpas, certo?

Fizemos nossa parte: elaboramos um post superinformativo apresentando três ramos nos quais os diplomados em Direito podem atuar profissionalmente. Agora é hora de você fazer a sua (que, aliás, é muito mais divertida), escolhendo a área que dá match com suas aptidões. Comece agora e divirta-se! 💘😁