Univates completa 60 dias de ações de enfrentamento à Covid-19 no Vale do Taquari

Postado as 20/05/2020 13:59:31

Por Lucas George Wendt

A Universidade do Vale do Taquari - Univates historicamente esteve envolvida nas pautas da comunidade regional ao longo dos 50 anos de Ensino Superior no Vale. Em sua missão, a Instituição se compromete com atividades de ensino e prestação de serviços, considerando as necessidades da realidade regional.

Lucas George Wendt

A pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, o Sars-CoV-2, tem colocado as organizações de todo o mundo e o poder público, em diferentes esferas, no centro de ação. Na Univates, iniciativas próprias e provocações da comunidade do Vale do Taquari têm feito com que a Instituição esteja no centro das discussões e das ações no enfrentamento à pandemia ao longo dos meses de março, abril e maio.

“Neste momento de crise sanitária e econômica, podemos ver mais claramente o real papel que uma universidade comunitária tem em seu entorno. É isto que estamos fazendo: a gente está aqui para servir à nossa comunidade e promover qualidade de vida, desenvolvimento e segurança para todos”, destaca o reitor, Ney Lazzari. 

As duas primeiras iniciativas da Instituição - a liberação dos funcionários para trabalho em home office e a virtualização das aulas presenciais - completaram dois meses no dia 17 de maio.

No texto a seguir compilamos as iniciativas que a Univates tem em curso para suporte às entidades de saúde, políticas e econômicas - municipais e regionais - no enfrentamento à pandemia.

Ações de Ensino

Virtualização das aulas
No dia 16 de março as aulas presenciais na Univates foram canceladas. No dia 17 elas foram virtualizadas. Desde então professores e estudantes estão realizando suas tarefas em ambiente integralmente on-line. As atividades práticas e os estágios, a partir da readequação do calendário acadêmico, que está em curso, seguirão orientações para o retorno presencial. Os eventos acadêmicos e culturais presenciais também foram suspensos, cancelados ou transferidos para evitar a aglomeração de pessoas.

 

Divulgação

Estudantes de Medicina da Univates atuam no combate ao coronavírus
Na Univates, os estudantes do 5º e do 6º ano de Medicina se mantiveram nos cenários de prática de seus estágios, considerando todas as recomendações do Ministério da Saúde e a Portaria nº 356 do Ministério da Educação. Acompanhados por professores e preceptores, eles desempenham as atividades em diferentes locais no Vale do Taquari.

Diplomados da Univates participam de ação voluntária que mapeia pontos vulneráveis de Lajeado

Associações Atléticas de cursos da Univates criam campanha para ajudar famílias

Emau da Univates submete proposta para combate ao novo coronavírus nas comunidades

Sajur atende de forma remota aos casos urgentes

Cartilha criada por estudantes estagiários do Sajur para enfrentar a quarentena

Ações de Pesquisa

Pietra Darde

Pesquisa sobre Coronavírus em Lajeado

A Universidade do Vale do Taquari, em parceria com a Prefeitura Municipal de Lajeado, inicia na próxima semana uma pesquisa chamada de Testa Lajeado com o objetivo de identificar os indicadores e o perfil da infecção por Covid-19 na população do município. No total, serão testadas 3.600 pessoas.

Univates submete proposta de pesquisa sobre sintomas psiquiátricos e risco de suicídio relacionados à Covid-19
Univates submeteu, em parceria com outras instituições da região, um projeto de pesquisa ao edital Inova RS, da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (SICT) do Estado do Rio Grande do Sul, que deve investir R$ 1,2 milhão em soluções tecnológicas inovadoras no enfrentamento da Covid-19.

Pesquisa para aprofundar o conhecimento sobre o vírus
O professor do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGBiotec) Luís Fernando Saraiva Macedo Timmers coordena uma pesquisa na área da bioinformática em parceria com universidades de Porto Alegre e do Rio de Janeiro. Com auxílio da tecnologia, os pesquisadores poderão analisar 1.720 genomas do Sars-CoV-2 e, com isso, sugerir novos tratamentos e medidas de prevenção.

Divulgação

 

Produção de máscaras e outros EPIs no Tecnovates
A Instituição já produziu 2.834 unidades de equipamentos de proteção individual por meio de impressoras 3D.

Univates desenvolve respiradores para enfrentamento da Covid-19
Uma equipe de pesquisadores está trabalhando desde o dia 25 de março para o desenvolvimento de respiradores. São quatro professores e um estudante envolvidos no protótipo. Os respiradores são essenciais para atender vítimas graves do coronavírus. O HBB atualmente possui apenas 34 respiradores, sendo oito para uso exclusivo na ala Covid-19.

Ações de Extensão

Elise Bozzetto

Testes para Covid-19 no Vale do Taquari 

A Universidade recebeu em abril o primeiro lote de testes rápidos para detectar o coronavírus. As unidades foram entregues para o Hospital Bruno Born (HBB), Hospital Estrela, Hospital de Arroio do Meio, Hospital de Teutônia, Unimed e prefeituras da região via Consórcio Intermunicipal da Saúde do Vale do Taquari (Consisa). Em breve devem chegar mais 2 mil unidades de testes rápidos, que seguem a mesma distribuição para entidades regionais. O Saúde Univates  está recebendo doação de empresas interessadas em auxiliar na compra de testes para coronavírus. Empresas da região já contribuíram com a iniciativa.

Transparência na comunicação com a região
Desde o início da crise, diversas foram as contribuições dos profissionais da Univates para a imprensa da região. Seguem em curso a concessão de entrevistas para veículos de rádio, TV e mídia impressa e o envio de releases diários informando as ações da Instituição. A comunicação com o público interno também privilegia o destaque ao conteúdo relacionado à Covid-19 e à promoção do cuidado e do bem-estar dos professores, técnico-administrativos, estagiários, bolsistas e prestadores de serviço da Univates em tempos de home office. Além disso, o setor de Marketing e Comunicação lançou uma página no site da Univates que reúne informações sobre o novo coronavírus.

Divulgação

Trabalho em home office

No momento em que as atividades acadêmicas começaram a ser realizadas em espaços virtuais, os professores e técnico-administrativos foram liberados para trabalho em home office - que também completou o segundo mês recentemente. Tanto o trabalho em home office quanto a virtualização das aulas foram iniciativas tomadas com o objetivo de proteger desde o início as comunidades interna e acadêmica que circulam pelo campus da Univates, uma vez que a Instituição concentra em seus espaços o movimento cotidiano de pessoas de diferentes partes do RS.

Números da virtualização das atividades presenciais 

Ao longo das últimas semanas a Univates promoveu diversas adaptações na sua estrutura de tecnologia da informação para permitir a nova formatação das atividades. Os acessos remotos administrativos aos sistemas de trabalho dos funcionários são cerca de 250 por dia, em média. Desde o início do home office foram registrados cerca de 450 funcionários diferentes acessando os sistemas. Além disso, 161 ramais administrativos da Instituição foram liberados para uso em telefones celulares. 

O Google Meet, plataforma para realização de videoconferências, tem, em média, a criação de 250 diferentes salas de aula virtuais por dia (considerando apenas aquelas com número de participantes superior a 10 pessoas). A data de pico de atividades foi o dia 9 de abril, com 279 salas abertas. O dia 14 de abril registrou o maior número de usuários em atividades síncronas pela Univates no Google Meet: estiveram on-line 5.424 pessoas ao longo do dia. Os dados são do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI). 

Serviços e compras suspensos por causa da pandemia: Escritório do Consumidor esclarece dúvidas
O Escritório do Consumidor (Econ), projeto de extensão vinculado ao curso de Direito, realiza atividades de conscientização e sensibilização para o consumo consciente por meio de rodas de conversa e atendimentos individuais. O grupo de alunos voluntários envolvidos com o projeto auxilia na prevenção na conciliação em relação a demandas sobre as demandas de consumo ainda na fase pré-processual.

Teia de Negócios: caminhos para frear a crise
O projeto Teia de Negócios oferece mentoria, desde 1º de abril deste ano, para micro e pequenos empresários da região com o objetivo de diminuir os impactos econômicos da pandemia. Professores e estudantes do Centro de Gestão Organizacional (CGO) se reúnem virtualmente com empresários para identificar possibilidades para o período de emergência. Também no CGO estudantes criaram manuais com dicas aos pequenos e micro empresários. 

Rede de apoio com atendimento psicológico
Como forma de evitar efeitos colaterais na saúde mental da população causados pelos dias de isolamento, as psicólogas da Univates e psicólogos voluntários estão a postos para atuar em diferentes frentes. Os profissionais da Univates integram a Diretoria de Desenvolvimento de Pessoas (Dipes), a Clínica Universitária Regional de Educação e Saúde (Cures) ou o Serviço Especializado de Psicologia (SEP) e atendem a comunidade no call center, além de orientar o público interno da Univates.

Diplomados na área da saúde podem ajudar como voluntários
Para auxiliar nas buscas de profissionais diplomados da saúde que desejam atuar como voluntários, a Univates disponibilizou um formulário para interessados em compor as equipes que estão atuando durante a pandemia. 

Ações de funcionários promovem doações para integrantes dos projetos de Extensão da Univates
As associações dos funcionários docentes (Adof) e técnico-administrativos (Affes) realizaram a arrecadação de itens e doação de cestas básicas às entidades com as quais a Univates desenvolve os projetos de extensão. Os primeiros itens foram entregues na sexta-feira, 17 de abril. 

Diluição de 3,8 mil litros de álcool pelo Laboratório de Química

Eventos virtuais promovem conhecimento e reflexões
Diversas áreas da Univates, inclusive o Teatro, promovem atividades virtualizadas para promover o debate acerca dos impactos da pandemia, mas não apenas sobre a crise sanitária. São abordados diferentes outros assuntos, com participações de convidados de todo o Brasil, com o objetivo de entreter e, também, estimular o pensamento crítico e a reflexão. Os eventos são abertos à comunidade e a agenda completa pode ser conferida aqui.

Ações relacionadas à estrutura

Lucas George Wendt

Univates disponibiliza 0800 para atendimentos sobre coronavírus
A Univates disponibilizou sua estrutura de teleatendimento para atender a comunidade do Vale do Taquari. O telefone 0800 7 07 08 09, utilizado tradicionalmente para contato com a Universidade, está recebendo ligações de casos suspeiros de coronavírus para orientações de cuidado. Também há escutas de psicólogas para esclarecimentos de sintomas e angústias relacionadas ao momento de isolamento físico. O serviço dobra a capacidade de atendimento disponibilizado até então, pois centraliza os atendimentos realizados pela Prefeitura de Lajeado nos telefones (51) 99911-3609 e (51) 99571-3309. Os dados de atendimento fazem parte do monitoramento de Lajeado

Laboratório de Análises Clínicas Univates (LAC) realiza testes de coronavírus para a comunidade
O teste é realizado de forma particular. Para convênios é necessário consultar o plano de saúde contratado para verificar possibilidades. A realização do teste é recomendada a partir de indicações clínicas, por recomendação médica ou por contratos realizados por empresas.

Ações de com parceiros

Nicole Morás

Aliados de Pano: saiba como fazer sua máscara caseira para se proteger do novo coronavírus

A campanha institucional foi elaborada em conjunto entre a Prefeitura Municipal de Lajeado, a Univates, a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e a Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo. Um site especial foi criado para compartilhar conteúdos, o molde para fazer a máscara de tecido em casa e os principais cuidados com a higienização, já que cada máscara deve ser trocada a cada 2 ou 3 horas de uso. Todas as informações podem ser conferidas em http://www.aliadosdepano.com.br/.

Participação no Comitê de Contingenciamento e Acompanhamento do Coronavírus 
Profissionais da Univates participam do Comitê em Lajeado. Com reuniões diárias, o grupo é comandado pela Prefeitura de Lajeado e envolve diferentes atores sociais. É do grupo que partem as decisões municipais no enfrentamento à crise de saúde pública. 

Univates firma convênio com Prefeitura de Cachoeira do Sul para realização de testes de detecção da Covid-19
A Instituição e a Prefeitura de Cachoeira do Sul firmaram contrato para compra de 600 testes com o objetivo de detectar a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, em casos suspeitos no município da região do Vale do Jacuí.