Estudantes de Arquitetura e Urbanismo da Univates participam do Desafio Tramontina

Postado as 02/12/2020 17:14:36

Por Redação

O curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do Vale do Taquari - Univates, por meio de seu Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo (Emau) e em parceria com a empresa Tramontina, desenvolveu um concurso de ideias para um espaço de interior residencial direcionado aos estudantes do curso, chamado Desafio Tramontina.

O concurso aconteceu durante o semestre 2020B, propondo aos participantes que projetassem um espaço de cozinha residencial utilizando produtos da empresa. Os estudantes inscritos participaram de um workshop de capacitação na utilização desses produtos, o que, segundo o professor Cristiano Zluhan Pereira, coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, potencializou a aprendizagem para o futuro exercício profissional. “Os concursos de arquitetura são importantes, pois promovem a criatividade no meio acadêmico, espaço propício para a discussão, o despertar de ideias e o desenvolvimento de exercícios hipotéticos. Eles possibilitam auxiliar e colaborar no aperfeiçoamento das habilidades e dos aprendizados dos futuros profissionais”, explica.

Divulgação

 

O resultado foi divulgado na última sexta-feira, dia 27 de novembro. A proposta vencedora foi a da estudante Camila Immich, que recebeu a premiação máxima. “É um excelente projeto, de notável aplicabilidade. O trabalho de Camila foi apresentado com base em um cenário atual, relevante, que orienta as ótimas soluções projetuais, resultando em uma proposta contemporânea, completa e abrangente”, comenta Pereira.

A segunda colocada foi a proposta da estudante Stéfani Batista da Rocha. A terceira colocada foi a proposta das estudantes Ana Júlia Giora e Bruna de Mari Martini. Já a proposta das estudantes Jamile Bresolin e Eduarda Stiehl Felix recebeu menção honrosa por apresentar, conforme aponta o professor, “um projeto consistente, bem especificado e com a excelente aplicação dos produtos a partir de um embasamento sólido, que resultou em uma proposta completa e com as qualidades expressas no edital do concurso”.

Pereira também destaca que os integrantes da empresa, que participaram da comissão julgadora do concurso, elogiaram muito a qualidade dos trabalhos entregues pelos acadêmicos.