Teatro Univates comemora 7 anos em live com Zé Victor Castiel nesta segunda-feira

Postado as 29/04/2021 17:00:49

Por Nicole Morás

No dia 3 de maio de 2014 o Centro Cultural foi inaugurado. Para comemorar os sete anos deste dia, o Teatro Univates realiza na próxima segunda-feira, dia 3, uma live comemorativa com participação do ator Zé Victor Castiel - um dos primeiros atores a subir ao palco do espaço cultural com o espetáculo Homens de Perto.

O evento online será transmitido a partir das 20h30min pelo instagram @teatrounivates e @zevictorcastiel. Nesta live, o ator vai abordar assuntos sobre carreira na televisão, transformação da arte na pandemia e comentar sobre a importância de se haver casas de espetáculo em regiões que não estão inseridas no circuito metropolitano cultural. 

Sobre o ator

Zé Victor Castiel nasceu na cidade de Porto Alegre. Formou-se em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS e, durante oito anos, conciliou a carreira artística com o escritório de advocacia especializado em direito autoral, até optar pela profissão de ator, em 1988.

Nicole Morás

Construiu a carreira nos palcos de Porto Alegre, mas também atuou em curtas (Barbosa, 1988), longas (O quatrilho, 1995; A paixão de Jacobina, 2002; Diário de um novo mundo, 2005), participou de novelas (Laços de família, 2000; Esperança, 2002) e minisséries na televisão (Incidente em Antares, 1994, A comédia da vida privada,1997, A casa das sete mulheres, 2003; Carga pesada, 2006). 

Como dublador, Zé Victor emprestou a voz para o personagem Wood no longa de animação Wood & Stock: sexo, orégano e rock'n'roll. Em Porto Alegre, dirige com um grupo de atores o Teatro do Ipê e organiza anualmente o Porto Verão Alegre , evento que reúne entre janeiro e fevereiro todos os espetáculos em cartaz na cidade a preços populares. No Teatro Univates, apresentou a peça Homens de Perto em maio de 2014.

O Teatro Univates

Lucas George Wendt

Com cerca de 10 mil m² de construção, o Centro Cultural abriga a Biblioteca, com espaço para 300 mil livros, e Teatro com 1.176 lugares, salas especiais e área de lazer.

No Teatro, a estrutura moderna permite a realização de todos os tipos de espetáculos. Os projetos cênicos, de iluminação e de sonorização do local foram elaborados por uma empresa de São Paulo, responsável pela produção cenotécnica dos maiores e mais renomados teatros do país. Também o projeto de climatização foi desenvolvido por uma empresa conceituada do RS. Além disso, o espaço conta com camarins individuais e coletivos, coxias, quartelada, urdimentos, varandas de manobra, passarelas de iluminação técnica e doca seca – estrutura presente em poucos teatros do Brasil.