Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Univates apresenta pesquisas publicadas em revistas científicas na última semana

Postado as 08/10/2021 15:14:43

Por Lucas George Wendt

O trabalho científico de um pesquisador é contínuo, ou seja, suas descobertas, quando observadas na totalidade, permitem compreender o conjunto do seu trabalho. É desta forma que a ciência avança: aos poucos, com cada trabalho funcionando como a peça de um quebra-cabeça que completa um cenário de pesquisa. E que pode abrir margem para mais perguntas. 

Na Universidade do Vale do Taquari - Univates, diferentes equipes trabalham produzindo conhecimento científico. Entre pesquisadores e estudantes – bolsistas de iniciação científica, de mestrado e de doutorado –, são cerca de 500 pessoas diretamente envolvidas buscando na ciência as respostas para a solução de problemas coletivos e de inquietações de pesquisa individuais. 

Todos os dias as equipes de pesquisa da Univates divulgam seus achados em publicações periódicas científicas nacionais e internacionais. Semanalmente os artigos científicos mais recentes serão destacados no site da Instituição. 

Confira o que a Univates publicou de 2 de outubro a 8 de outubro de 2021

Título do artigo: Tarefas investigativas nos anos iniciais: estratégias e conjecturas desenvolvidas pelas crianças

Autoria: Márcia Jussara Hepp Rehfeldt, Bruna Zanoni Ruthner, Ieda Maria Giongo, Marli Teresinha Quartieri e Sônia Elisa Gonzatti

Revista científica: Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática 

Do que trata a pesquisa científica: A Investigação Matemática é uma tendência de ensino cada vez mais explorada nas aulas de matemática dos anos iniciais. Sendo assim, este artigo tem como objetivo relatar as estratégias e conjecturas desenvolvidas por alunos de 1º, 2º, 3º e 5º anos do Ensino Fundamental quando foram desafiados a resolver tarefas de cunho exploratório-investigativo. Estas foram desenvolvidas em parceria com as professoras dos anos iniciais e, posteriormente, exploradas com alunos no segundo semestre de 2018. A prática foi realizada em duas escolas, sendo as tarefas exploradas pelas pesquisadoras, auxiliadas pelas docentes dos anos iniciais. Tal exploração seguiu os quatro momentos propostos por Ponte, Brocardo e Oliveira (2009). O material de análise foi coletado por meio de tarefas escritas dos discentes e imagens oriundas de fotografias. Os resultados apontam que as conjecturas e estratégias apresentadas pelas turmas de 1º, 2º, 3º e 5º anos, nas duas tarefas, foram distintas e mais elaboradas conforme a escolaridade dos alunos. Na primeira (copos e canudos), os estudantes propuseram padrões de repetição (1º ano); adição de canudos (2º ano); ideia dos números pares e ímpares (3º ano) e a tabuada do três (5º ano). Na segunda, a sequência de flechas e as conjecturas perpassaram por repetições de blocos (1º ano); uso de distintas direções (2º ano) e adições do número de setas dentro dos quadrados. Em contrapartida, observou-se alguma dificuldade na realização das tarefas em grupo (1º ano) e uma certa dispersão.

Vinculação: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências Exatas (PPGECE)

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: Modelagem matemática e o tema pecuária: investigando os custos para cercar uma propriedade

Autoria: Dayane Cristielle Siquiere e Marli Teresinha Quartieri

Revista científica: Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática 

Do que trata a pesquisa científica: Neste artigo apresenta-se um recorte dos resultados de uma prática pedagógica, aplicada, durante os meses de julho e agosto, a um grupo voluntário de oito alunos do Ensino Médio de uma escola estadual do Município de Novo Mundo no estado do Mato Grosso. Desenvolvida à luz da Modelagem Matemática, a pesquisa teve como objetivo principal analisar as implicações do uso desta metodologia, no processo de estudo de diferentes funções com alunos do Ensino Médio, partindo do tema Pecuária. A pesquisa, de cunho qualitativo com análise descritiva, utilizou-se dos seguintes instrumentos de coleta de dados: gravação dos encontros em áudio e vídeo, caderno de campo da professora/pesquisadora, fórum interativo pelo Google sala de aula e entrevista. No decorrer da prática pedagógica, evidenciaram-se a motivação e a dedicação dos alunos em estudarem conceitos matemáticos a partir do contexto em que se encontram inseridos. Destaca-se também a capacidade de pesquisa, tanto no processo de coleta de dados como na matematização, dos alunos envolvidos. Durante o desenvolvimento da prática, construíram-se conceitos iniciais de função afim e função quadrática, bem como foram utilizados conceitos de porcentagem, regra de três, perímetro e área. Por fim, salienta-se que o tema Pecuária proporcionou discussões econômicas, sociais e culturais acerca dos diferentes tipos dessa atividade desenvolvida na comunidade, tornando os estudantes mais críticos e atentos ao contexto em que vivem.

Vinculação: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências Exatas (PPGECE)

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: Utilização dos serviços de saúde e Estratégia Saúde da Família - Cobertura da população domiciliar no brasil

Autoria: Otávio Pereira D’Avila, Luiz Alexandre Chisini, Francine dos Santos Costa, Mariana Gonzales Cademartori, Lucas Brum Cleff e Eduardo Dickie de Castilhos

Revista científica: Ciência e Saúde Coletiva 

Do que trata a pesquisa científica: O objetivo deste estudo é descrever o perfil de utilização dos serviços de atenção primária à saúde, estimado pela Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), da população residente em domicílios cadastrados e não cadastrados na Estratégia de Saúde da Família (ESF), nos anos de 2013 e 2019. Estudo transversal realizado com microdados dos inquéritos nacionais de saúde entre 2013 e 2019. A amostra originou-se de uma amostra mestra, composta por um conjunto de unidades de áreas selecionadas em um cadastro. Variáveis ​​sexo, idade, cor da pele, renda, escolaridade, autopercepção de saúde, domicílio cadastrado na ESF, atendimento médico no último ano, tipo de serviço que você procura quando está doente foram selecionados. As variáveis ​​dependentes foram uso de serviços de saúde e uso de serviços públicos de saúde. As variáveis ​​dependentes e independentes foram descritas com os respectivos intervalos de confiança e foi realizada regressão logística ajustada para cada desfecho analisado. Nos serviços públicos de saúde, menor renda, ter doenças crônicas (hipertensão arterial ou colesterol alto), estar grávida e ter uma autopercepção de saúde ruim estiveram associados à maior utilização de serviços de saúde nos dois períodos. Morar em domicílios cadastrados na ESF foi associado aos serviços de saúde mais utilizados (públicos ou privados). A estratégia de saúde da família é uma estratégia importante para expandir o acesso de forma igualitária.

Vinculação: Área de Ciências da Vida 

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: The use and knowledge of export promotion programs in the early internationalization of Brazilian SMEs / O uso e conhecimento de programas de promoção de exportações no início da internacionalização das PMEs brasileiras 

Autoria: Marcelo André Machado  e Viviane Bischoff

Revista científica: International Journal of Emerging Markets

Do que trata a pesquisa científica: Este artigo teve como objetivo avaliar as diferenças no uso e conhecimento de programas de promoção de exportações (PPE) entre Pequenas e Micro Empresas (PMEs) brasileiras que se internacionalizaram precocemente e PMEs que se internacionalizaram de forma gradual e tradicional. Além disso, testou hipóteses que distinguem esses dois tipos de processos de internacionalização de PMEs em um contexto de mercado emergente. Os autores testaram quatro hipóteses em uma amostra de 540 PME exportadoras brasileiras. A amostra foi dividida em dois grupos de acordo com o critério born global (BG): 379 PMEs com internacionalização gradual ou tradicional (TI) e 161 PMEs com internacionalização precoce (IE). Os resultados indicam que as PMEs brasileiras de EI operam em mais países e continentes do que as PMEs de TI. Em países emergentes como o Brasil, o mercado interno continua desempenhando um papel importante tanto para as PMEs que se internacionalizam precocemente quanto para aquelas cujo processo é mais lento. Embora a regressão logística não pudesse classificar a amostra de PMEs de TI e EI de acordo com seu conhecimento sobre PPE, os resultados levaram à ideia de que PMEs de EI atualmente usam PPEs mais específicos do que PMEs de TI.

Vinculação: Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CHSA)

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: A longitudinal study of cognition, functional outcome and quality of life in bipolar disorder and major depression / Um estudo longitudinal de cognição, resultado funcional e qualidade de vida no transtorno bipolar e depressão 

Autoria: André Ponsoni, Laura Damiani Branco, Charles Cotrena, Flávio Milman Shansis e Rochele Paz Fonseca

Revista científica: Neuropsicologia Aplicada: Adulto

Do que trata a pesquisa científica: Prejuízos cognitivos são conhecidos por serem uma causa frequente de incapacidade no transtorno bipolar (TB) e depressão maior (TDM). No entanto, não há consenso a respeito das funções cognitivas específicas cujas deficiências podem levar à deficiência em cada domínio funcional. O objetivo deste estudo foi realizar uma avaliação longitudinal da memória de trabalho, inibição, flexibilidade cognitiva e atenção em TB e TDM, investigar a relação dessas funções cognitivas com deficiência e qualidade de vida, e avaliar o impacto de variáveis ​​relacionadas à reserva cognitiva (educação e estimulação cognitiva diária) no desempenho cognitivo. Foram avaliados 31 participantes no início do estudo e após um tempo médio de 2 anos. Resultados: o grupo BD mostrou melhorias na atenção, enquanto os pacientes com TDM melhoraram nas medidas de atenção e memória de trabalho. No TB, o desempenho da memória operacional foi associado aos domínios cognição e mobilidade da funcionalidade e à qualidade de vida física e ambiental. No TDM, a flexibilidade cognitiva estava relacionada às relações sociais e à qualidade de vida ambiental. Conclusão: a memória de trabalho e a flexibilidade cognitiva podem ser alvos interessantes para intervenções com o objetivo de melhorar o funcionamento diário e a qualidade de vida em TB e TDM.

Vinculação: Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas 

Publicado quando: outubro de 2021

 

Título do artigo: Triple-blinded randomized clinical trial comparing efficacy and tooth sensitivity of in-office and at-home bleaching techniques / Ensaio clínico randomizado triplo-cego comparando a eficácia e a sensibilidade dentária de técnicas de clareamento em consultório e em casa 

Autoria: Sandrina Henn Donassollo, Tiago Aurélio Donassollo, Sumaia Coser, Sabrina Wilde, Juliana Lays Stolfo Uehara, Luiz Alexandre Chisini, Marcos Britto Correa, Maximiliano Sérgio Cenci e Flávio Fernando Demarco

Revista científica: Journal of Applied Oral Science 

Do que trata a pesquisa científica: O estudo tem como objetivo comparar a eficácia e a sensibilidade dentária após tratamentos clareadores em consultório (peróxido de hidrogênio a 35%) ou em casa (peróxido de carbamida a 10%), ambos precedidos por gel dessensibilizante com nitrato de potássio a 2% (KF 2%). Metodologia: 130 voluntários foram alocados aleatoriamente para a) clareamento em consultório e um protocolo de placebo em casa; ou b) placebo em consultório e tratamento clareador em casa. 2% KF foi aplicado por 10 min antes de ambos os tratamentos. Conclusões O clareamento em casa e no consultório, precedido por um agente dessensibilizante, foi eficaz para o clareamento de dentes vitais e o peróxido de carbamida 10% produziu um efeito clareador maior do que o peróxido de hidrogênio a 35% na avaliação de curto tempo. As taxas de sensibilidade dentária foram semelhantes para as duas técnicas testadas.

Vinculação: Área de Ciências da Vida 

Publicado quando: outubro de 2021

Saiba mais sobre as publicações científicas 

Os periódicos científicos são espaços reservados à comunicação científica. É por meio deles que os estudos são divulgados e os conhecimentos técnicos, acadêmicos e científicos são postos à disposição da sociedade. Assim como os eventos científicos, são espaços formais de apreciação e crítica do trabalho de pesquisadores – o que permite à ciência evoluir por meio da construção colaborativa do conhecimento, que só é possível se as informações científicas circularem. 

As pesquisas científicas podem estar vinculadas a projetos de pesquisa, que seguem as diretrizes institucionais para produção do conhecimento científico, e estando vinculadas aos Programas de Pós-Graduação – nesses espaços, em geral, ligadas ao trabalho dos pesquisadores docentes da Univates ou ao trabalho dos mestrandos e doutorandos –, ou também podem ser desenvolvidas nos cursos de graduação como requisito para obtenção dos títulos de bacharel, licenciado ou tecnólogo. 

Divulgação