Professora conta curiosidades de Timor-Leste

Postado em 16/10/2012 10h05min

Por -

A professora e socióloga do Centro de Ciências Humanas e Jurídicas (CCHJ) da Univates, Shirlei Mendes da Silva, foi selecionada para lecionar durante o ano letivo de 2012 na Universidade Nacional de Timor-Leste (UNTL). Ela envia notícias periódicas das atividades desenvolvidas nesse país.

Confira o último relato:

A masca em Timor-Leste

Em Timor-Leste, é comum vermos timorenses mascando uma mistura conhecida por “masca”, que deixa a boca como que pintada de vermelho-sangue e os dentes enegrecidos. Aos poucos descobri que trata-se de uma mistura que, segundo alguns, “deixa as pessoas felizes”. Parece que o uso da masca compõe os rituais e festas tradicionais. Encontrei a referência do uso da masca na bibliografia especializada.

“Em Timor, como em toda a Ásia meridional, é quase geral o hábito de mascar nozes de areca (Areca catechu, L. ) envoltas em folhas de bétele (Pipper betele, L.) polvilhadas com cal apagada.” (Thomaz, 2008)

Segundo este historiador portugues, a “masca” é guardada nas solapas, caixinhas cilíndricas de bambu e decoradas com incisões feitas com estilete ou navalha. Na foto, a masca vendida nas feiras tradicionais.

 

Shirlei Ines Mendes da Silva

de Díli, Timor-Leste

Shirlei Mendes da Silva

Shirlei Mendes da Silva

Notícias Relacionadas