Detalhes do Projeto de Pesquisa

Currículo, Espaço e Movimento


Coordenação: Profa. Dra. Angélica Vier Munhoz

Pesquisador(a):
 

Voluntários(as):
10

Bolsistas:

5


Mestrandos:

4


Fontes Financiadoras:

Univates


Resumo:

 A partir de autores da Filosofia da diferença, tais como Deleuze e Guattari, Foucault, Nietzsche, entre outros, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo investigar os processos de ensinar e aprender, produzidos por práticas educativas e artísticas, em espaços escolares e não escolares. Para tanto, toma como campo de investigação dois espaços de arte: a Fundação Iberê Camargo (Porto Alegre/RS) e o Museu de Arte do Rio (Rio de Janeiro/RJ), e dois espaços escolares - Escola Municipal Porto Novo (Lajeado/RS) e Escola Municipal Agrícola, Florestal e Ambiental (Ilópolis/RS) - com os quais o Grupo de Pesquisa Currículo, Espaço, Movimento (CEM/CNPq/Univates), existente desde 2013, possui parceria. Desse modo, interessa, para o presente projeto de pesquisa, aproximar-se mais intensivamente das noções de ensino e de aprendizagem que permeiam os currículos de espaços escolares e não escolares, assim como pensar tais processos. Diante de tal perspectiva, toma-se como problema de pesquisa as seguintes questões: como a aprendizagem e o ensino estão sendo pensadas nos espaços escolares e não escolares? De que modo os espaços escolares e não escolares produzem práticas educativas e artísticas, em meio aos processos de ensinar e aprender? De que modo o ensino e a aprendizagem se interconectam na produção de subjetividades? Partindo de um enfoque qualitativo genealógico e por meio de procedimentos exploratório-experimentais, buscar-se-á acompanhar as atividades educativas e artísticas, oferecidas pelos espaços constituintes do campo empírico da pesquisa, buscando compreender suas lógicas de funcionamento e os modos como produzem suas relações, resistências, imobilidades e seus campos de experimentações.