Detalhes do Projeto de Pesquisa

Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica: a construção de sentidos entorno das diretrizes nacionais pelo grupo de agricultores ecologistas de Forqueta, Arroio do Meio, RS, Brasil


Coordenação: Prof. Dra. Luciana Turatti

Pesquisador(a):

Elisete M. de Freitas

Jane Márcia Mazzarino


Voluntários(as):

3


Bolsistas:

1


Mestrandos:

4


Fontes Financiadoras:

CNPq e Univates


Resumo:

O tema geral abordado na proposta de pesquisa propõe-se a verificar que sentidos os integrantes do Grupo de Agricultores Ecologistas de Forqueta, localizado no município de Arroio do Meio, RS, Brasil, atribuem às diretrizes da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica e se tais diretrizes têm alcançado eficácia junto a este grupo, podendo assim se constituir em um modelo de implementação das propostas previstas na Política e quiçá numa proposta de implementação de políticas públicas para difusão da agricultura orgânica. A escolha do Grupo de Agricultores Ecologistas do Forqueta, localizado no município de Arroio do Meio, RS, ocorreu por proximidade e também pelo fato deste se constituir, na atualidade em um grupo organizado e consolidado na região do Vale do Taquari desde 2000, tendo encontrado na agroecologia um locus de produção mais sustentável e não somente uma forma alternativa de agricultura. Por fim ainda se faz importante referir que este grupo compõe o coletivo denominado Articulação de Agroecologia para o Vale do Taquari o que demonstra a possibilidade de espraiamento da proposta aqui sustentada. A pesquisa é qualitativa. Quanto aos fins a pesquisa é descritiva, explicativa e tem caráter intervencionista. O caráter intervencionista decorre do fato que se estará interferindo na realidade estudada, com a produção de registros visuais de inspiração etnográfica dos sentidos manifestados pelo grupo investigado no que se refere às diretrizes da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica, e quando da identificação dos conhecimentos tradicionais associados a produção, presentes no grupo investigado. O interesse é por compreender a relação dos informantes com os temas da pesquisa, suas formas de simbolização e interpretação, e a ressonância destas no contexto social em que estão inseridos. Muitas lições podem ser extraídas ao longo deste processo de investigação no sentido de se repensar os modelos hegemônicos que imperaram até então, para propor medidas e políticas que estejam em consonância com a concepção de sistemas sustentáveis, em especial a partir do desvendar do potencial endógeno deste grupo e da identificação das estratégias sustentáveis já existentes. Além disso o presente projeto também se preocupa em avaliar a importância da agroecologia nas suas outras dimensões como a cultural, a social e a econômica, permitindo por consequência um olhar mais complexo acerca do tema.