Detalhes do Projeto de Pesquisa

Ciclobenzaprina para tratamento do zumbido induzido pelo ruído: ensaio clinico randomizado duplo cego placebo controlado


Coordenação: Claudia Couto De Barros Coelho

Bolsistas:

Roberto Lemos dos Santos


Órgãos Financiadores:

Universidade do Vale do Taquari - Univates


Resumo:
Apesar de ser comum e muitas vezes devastador, não há cura estabelecida para o zumbido. Cerca de 41 milhões de brasileiros apresentam o sintoma comprometendo a qualidade de vida em graus variados e interferindo no sono, concentração, audição e no aspecto emocional. A perda auditiva induzida pelo ruído é uma das principais causas do zumbido, afetando uma grande parcela de trabalhadores com exposição ocupacional e indivíduos expostos ao ruído recreacional. Apesar do número considerável de drogas avaliadas em ensaios clínicos, nenhum demonstrou reprodutibilidade a longo prazo. Na maioria dos pacientes o efeito não foi superior ao placebo. Embora alguns pacientes tenham benefício, este grupo geralmente representa apenas uma fração das amostras dos estudos. O cenário é ainda mais complexo porque o zumbido é um sintoma e há diversos subgrupos de pacientes. É provável que um subgrupo particular possa muito bem ser tratável com uma droga. Os dados preliminares de dois ensaios clínicos abertos que avaliaram o uso de ciclobenzaprina, um relaxante muscular central aprovado pela ANVISA, mostraram efeitos extremamente promissores sobre o zumbido, incluindo indivíduos com etiologia induzida por ruído. Os resultados demonstraram que o tratamento com ciclobenzaprina causou uma redução na intensidade do zumbido, bem como no sofrimento do mesmo. Propomos um estudo controlado com placebo, randomizado, duplo-cego, para avaliar a eficácia da ciclobenzaprina para tratar o zumbido induzido pelo ruído. Nossas principais medidas de desfecho serão questionários validados e medidas psicoacusticas do zumbido. Nossas medidas secundárias abordarão quais subgrupos de pacientes com zumbido poderiam se beneficiar dessa droga. Uma droga com ação sobre a intensidade do zumbido seria um enorme avanço no campo. Isso teria um grande impacto no tratamento do zumbido. Pode ser que a ciclobenzaprina seja uma das primeiras drogas a tratar um subgrupo de pacientes com zumbido.