Complexo do Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari completa 5 anos

Postado as 18/06/2019 14:35:59

Por Natália Bottoni

Lucas George Wendt

Tuane Eggers

Um espaço identificado com o Vale do Taquari e que cumpre o papel de gerador do empreendedorismo inovador na região. Criado em 2010, o Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari (Tecnovates) iniciou suas atividades em 2011 e passou a ter estrutura própria a partir de julho de 2014, com a construção do Complexo que atua de forma integrada com os governos, empresas e a sociedade, estimulando a inovação e o empreendedorismo.

De acordo com a coordenadora administrativa do Tecnovates, Cíntia Agostini, o Parque tem foco nas áreas de produção e desenvolvimento regional, saúde, tecnologia em alimentos, ambiental e energética, tendo como meio as tecnologias da informação, automação e indústria criativa. O espaço tem relação com as demais ações realizadas na Univates que envolvem pesquisa, extensão, ensino, desenvolvimento e inovação, em parceria com empresas do Vale do Taquari e de outras regiões.

Lucas George Wendt

A concepção do papel do Tecnovates em prol da inovação nasce já nos primeiros projetos do Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Taquari, em 1993. A ação amplia-se com o início da incubadora tecnológica em 2004. A estrutura é finalizada em 2014 com o Prédio 20. Atualmente, o local conta com laboratórios de pesquisa, ambientes coletivos e individuais, espaços para desenvolvimento de produtos, processos e treinamentos, além de áreas para networking
Coordenadora administrativa do Tecnovates, Cíntia Agostini

Segundo um dos membros do Comitê Gestor do Tecnovates, Rogério Vilibaldo Wink, o Parque dispõe de recursos para liderar o processo de inovação no Vale do Taquari. Formado em Ciências Econômicas e especialista em Gestão e Negócios pela Univates, o profissional afirma sempre ter feito parte dos conselhos da Instituição como representante externo de entidades empresariais.

Divulgação

O Parque é importante para os estudantes da Univates, que podem utilizar sua estrutura e laboratórios, além de construir conhecimento a partir da viabilidade de negócios nas empresas incubadas. A infraestrutura também pode ser utilizada para a criação de projetos de pesquisa aplicada que melhoram e criam inovações nos empreendimentos. Para a comunidade, o Tecnovates lidera projetos de inovação e ajuda na formação de pessoas para trabalharem nas diversas realidades de negócios
Membro do Comitê Gestor do Tecnovates, Rogério Vilibaldo Wink

Tuane Eggers


Mesmo sendo destaque nas áreas de pesquisa, geração de conhecimento e inovação em que o Vale do Taquari atua, o Tecnovates não se restringe à região. “Ele atua em parceria com empresas de outras regiões e tem visão de inserção global, inclusive integrando muitas ações de intercâmbio de estudantes nas organizações e tendo contato com parques e empresas do exterior”, explica Cíntia. Com atuação diferenciada, o Tecnovates conta com três mestrandos, sete doutorandos e um pós-doutorando, que atuam em pesquisas de interesse dos parceiros do Parque. O local tem mais de 30 empresas incubadas e 30 parceiros associados.

O Tecnovates é mediador do conhecimento gerado na Univates. O local contribui para a formação dos nossos acadêmicos à medida que os aproxima das áreas de formação com as demandas das empresas. Assim, proporciona aos alunos empregos, estágios, ideias para trabalhos de conclusão e possibilita ações em disciplinas, permitindo que nossos estudantes planejem, empreendam e inovem conforme as demandas. Pela Incubadora Tecnológica - Inovates, o Parque apoia a criação de negócios inovadores na região
Coordenadora administrativa do Tecnovates, Cíntia Agostini

Professor da Univates durante 17 anos na área de gestão, Ricardo Alberto Kober é diretor comercial na STW - Soluções em Automação, empresa de automação industrial incubada no Tecnovates. “O Parque oferece aos futuros empreendedores a familiarização com a ideia de o que é uma empresa, suas áreas e implicações. Por meio da experiência adquirida, os futuros empreendedores podem ter noção do mercado em que vão atuar, as possibilidades de sucesso e dificuldades”, explica.

Faz parte do Tecnovates: conheça uma das associadas ao Parque

A empresa American Nutrients é do ramo químico. A organização produz aditivos especiais para alimentos, produção animal, neutralizador de odores, sanitização e limpeza profissional tecnológica para indústrias de alimentos e setores de produção animal, sanidade, bem-estar humano e segurança dos alimentos.

Por meio de visita e reunião com as gestoras do Parque, a organização identificou possibilidades de parceria. De acordo com a sócia e diretora administrativa da American Nutrients, Janara Cristina Cerutti Kettermann, o Tecnovates proporciona visibilidade, competência, credibilidade e inovação para os processos industriais e principalmente para a região. “Empreender em parceria com o Parque faz com que o investidor tenha ferramentas e suporte para desenvolver seu negócio de forma saudável e com credibilidade”, comenta.