Instituições Comunitárias de Ensino agora têm um novo sindicato

Postado as 16/12/2020 16:52:41

Por Leonardo Seibel

As entidades mantenedoras de instituições comunitárias de Ensino Superior no Estado instalaram nesta quarta-feira, dia 16 de dezembro, o Sindicato das Entidades Mantenedoras de Instituições Comunitárias de Educação Superior no Estado do Rio Grande do Sul - Sindiman/RS. Para celebrar o momento, foi realizada uma cerimônia virtual, que contou com a presença do presidente do Sindiman, professor Oto Roberto Moerschbaecher, de Ney José Lazzari, reitor da Universidade do Vale do Taquari - Univates e presidente da Associação Brasileira das Universidades Comunitárias (Abruc) e de Carmen Lúcia de Lima Helfer, Reitora da Universidade de Santa Cruz do Sul - Unisc e presidente do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung).

O sindicato foi criado com o objetivo de representar e defender os interesses e direitos de suas associadas; celebrar convenções coletivas de trabalho; desenvolver estudos relacionados à categoria em todas as modalidades, bem como adotar toda e qualquer iniciativa que contribua para o desenvolvimento e a consolidação da educação.

Até então vinculadas ao sindicato do ensino privado gaúcho (Sinepe/RS), agora as comunitárias de Ensino Superior terão uma entidade própria. Com importante atuação e de grande representatividade no Estado, as comunitárias já se organizam, há mais tempo, no Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung).

Elise Bozzetto

 

Conforme Oto Roberto Moerschbaecher, o dia de hoje é um marco histórico. “Embora o Sindiman já existisse há algum tempo, daqui pra frente iremos atuar como um sindicato de fato. Queremos, a partir deste ato, tomar o lugar que o Sindiman tem no contexto do cenário da educação do Rio Grande do Sul. Recebemos, desde o início, o apoio das entidades mantenedoras, disponibilizando profissionais que nos ajudaram a construir tudo isso”, afirmou ele.

 

Oto destacou algumas iniciativas importantes que o sindicato já deu início, como a criação da Central de Serviços Compartilhados, que em mais de dez ações conjuntas conseguiu economizar valores significativos para as instituições. “Agradeço imensamente a todos que contribuíram e tornaram possível. Esse sindicato é resultado de um trabalho de várias mãos e várias mentes, de pessoas que acreditaram e se envolveram e se comprometeram. Estamos passando por um momento muito desafiador, que nos exigirá uma capacidade de se reinventar, e quanto mais entidades representativas tivermos, que nos abram portas, melhor. Nos movemos em direção ao futuro com desafios. O trabalho está só começando”, completa.

Elise Bozzetto

 

Para Ney José Lazzari, a criação do sindicato foi mais um passo na consolidação das instituições comunitárias no Estado e no Brasil. “É a realização de um sonho. A consolidação dessas instituições tem se dado com muito trabalho, muito esforço e muita qualidade, e os resultados recentes do MEC mostram isso. E neste momento de pandemia em que vivemos, as instituições comunitárias tiveram um papel fundamental em suas comunidades, na interação com o setor de saúde, setores públicos, de cada município, de cada região em que elas estão localizadas”, afirma Lazzari.

Sobre o Sindiman/RS

O interesse pela criação de um sindicato patronal das Instituições Comunitárias iniciou em 2012, com o intuito de reunir numa entidade todas as instituições com características e interesses comuns. Foi assim que, em 28 de janeiro de 2016, foi criado o Sindicato das Entidades Mantenedoras de Instituições Comunitárias de Educação Superior no Estado do Rio Grande do Sul - Sindiman/RS. 

O Sindicato possui 13 instituições associadas e atua desde 2015 nas negociações trabalhistas com os sindicatos de professores e técnico-administrativos. Oito anos após a realização desse projeto, no dia 6 de novembro de 2020, ocorreu o deferimento do pedido de registro sindical do Sindiman, motivo pelo qual se realizou o evento desta quarta-feira.

Estão associadas ao Sindiman, as instituições e respectivas mantenedoras: Univates/Fuvates; Unisinos/Asav; Unisc/Apesc; UCS/Fucs; Urcamp/Fat; Feevale/ Aspeur; Unicruz/Fundação Unicruz; Unilasalle/Sociedade Porvir Científico; PUCRS/Ubea; UPF/Fundação UPF; Unijuí/Fidene; UCPel/Apac; e URI/Furi.

Membros da gestão 2019/2022

Diretoria

Presidente: Oto Roberto Moerschbaecher - Univates/Fuvates
Vice presidente de Secretaria: Felipe Barcarollo - Unisinos/Asav
Vice presidente de Finanças - Ana Maria dos Santos Hackbart - Ucpel/Apac
Vice presidente de Relações Humanas - Aragon Alberto Bergonci - Unisinos/Asav
Vice presidente de Ensino - Miguel do Nascimento Costa - Unilasalle/Sociedade Porvir Científico
Vice presidente de Assuntos Institucionais - Ney José Lazzari - Univates/Fuvates
Delegada representante - Isabel Cristina Arraes Degrazia - Puc-RS/Ubea

Conselho Fiscal

Eltor Breunig - Unisc/Apesc
Lauro Antônio Pasche - Unijuí/Fidene
José Luís Bressam - Unijuí/Fidene

Suplentes

Cesar Augusto Rothmund - Unisc/Apesc
Ana Maria dos Santos Hackbart - Ucpel/Apac, 
Renaldo Vieira de Souza - Unilasalle/Sociedade Porvir Científico
Aragon Alberto Bergonci - Unisinos/Asav
Isabel Cristina Arraes Degrazia - Puc-RS/Ubea
Nestor Henrique de Cesaro - Uri/Furi