Detalhes do Projeto de Pesquisa

Biotecnologia e Farmacologia de Produtos Naturais


Coordenação: Prof. Dra. Márcia Goettert

Pesquisador(a):
 
 
Colaboradores Estrangeiros
Prof. Dr. Stefan Laufer
Prof. Dr. Rui Pedrosa Filho
 
 

 


Voluntários(as):
2

Bolsistas:
6 Bolsistas de Iniciação Científica
 

Mestrandos:
2

Doutorandos:

4

 

Fontes Financiadoras:
-  Universidade do Vale do Taquari - Univaes
- Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior - CAPES
- Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq 
 

 


Resumo:
O projeto de pesquisa está focado no estudo e desenvolvimento de novos produtos biotecnológicos com potencial terapêutico. Essa área vem recebendo atenção especial, devido à demanda destes no mercado, a fim de aumentar a possibilidade de tratamento ou cura para diversas patologias de importância epidemiológica e econômica. Independentemente da origem ou da idéia-chave que leva um composto ou molécula candidata ao desenvolvimento de um fármaco, e a estratégia utilizada para a sua descoberta e desenvolvimento envolvem uma sequência de experimentos e caracterização. Os produtos naturais (microrganismos, plantas e ou moléculas derivadas) são atualmente uma das mais importantes fontes de novas moléculas, porém ainda é pequeno o percentual de espécies estudadas do ponto de vista farmacológico em relação à biodiversidade existente. A identificação de biomoléculas e a compreensão do seu mecanismo de ação são fundamentais e podem favorecer o desenvolvimento de novas formas terapêuticas e estimular a substituição de alguns fármacos com sabidos efeitos colaterais, oferecendo uma maior segurança terapêutica e menos riscos a população. Os modelos experimentais com cultura de células utilizados neste projeto visam avaliar a ação de compostos bioativos oriundos de produtos naturais com ênfase em espécies vegetais, e derivados sintéticos, em vias de sinalização associadas principalmente à inflamação e ao câncer, tendo como objetivo identificar moléculas com potencial biotecnológico e farmacológico, bem como, selecionar e caracterizar os mecanismos moleculares, assim como, novos alvos terapêuticos contra doenças crônicas como inflamação e câncer.