Curso de Ciências Contábeis da Univates completa 50 anos

Postado as 31/03/2020 14:19:04

Por Matheus Giovanella Laste

O curso de Ciências Contábeis da Universidade do Vale do Taquari - Univates, um dos primeiros da Instituição, está completando 50 anos de história em 2020. Em meio século, a Universidade formou 1.689 contadores para atuarem nas áreas fiscal e tributária, na análise de demonstrações financeiras, gestão de custos, auditoria e perícia. Entre os diferenciais do curso da Univates estão os conteúdos atualizados em tempo real com o mercado de trabalho, a participação dos alunos nos encontros estaduais e nacionais de estudantes de Ciências Contábeis e a alta empregabilidade dos diplomados na área de atuação. Além disso, a estrutura da Instituição conta com o minimuseu da Contabilidade e possibilita que os alunos experimentem em primeira mão as salas temáticas, que funcionam como laboratórios de simulação da prática contábil.

Desde o começo do curso nos anos 1970 até agora, a profissão passou por várias mudanças. O coordenador do curso, professor Adriano José Azeredo, conta que no início o mercado de trabalho buscava um profissional para ser seu “guarda-livros”, responsável pela escrituração contábil e fiscal de sua organização. Conforme o professor, atualmente o contador identifica, registra, mensura e analisa os efeitos das operações de uma organização, tornando-se um gestor de informações vitais para o processo decisório.

Toda e qualquer organização, pública ou privada, com ou sem fins lucrativos, necessita de um profissional da área que, além da contabilidade, possa atuar em departamento de pessoal, na área financeira, com controladoria, auditoria, consultoria, assessoria, perícia, entre outras
Adriano José Azeredo, coordenador do Curso de Ciências Contábeis

Além das mudanças no meio profissional, outra característica citada pelo professor Adriano como uma diferença que ocorre ao longo dos anos, é a maior abrangência do público feminino em uma profissão historicamente procurada pelo público masculino. “No momento, 43% dos estudantes do curso são mulheres. Considerando os novos ingressantes, esse número continua subindo exponencialmente”, declara o coordenador.

Para a presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Ana Tércia Lopes Rodrigues, o número de estudantes mulheres apresentado pelo coordenador Adriano não é uma surpresa. “Como percorro todo o Estado, tenho a possibilidade de ver esse fenômeno acontecendo na maioria das instituições de ensino”, conta. Ana revela que o número crescente de mulheres na área contábil é respaldado pela quantidade de registros no Conselho de Contabilidade. “Na categoria de contadores as mulheres já são maioria, representando 50,7% do total de profissionais cadastrados”. Se olhar a categoria, de todos os profissionais da área contábil registrados no Conselho, o público feminino representa 48%. Considerando que há 73 anos, quando a entidade foi fundada, o número de contadores era quase 100% masculino, o crescimento de mulheres na área contábil é, para a presidente, um grande feito.

Ana, que é a primeira mulher a presidir o Conselho, crê que a quantidade crescente de mulheres na área é irreversível e parabeniza a Univates por ser uma instituição de ensino que está alinhada com esse novo paradigma da diversidade, que, segundo ela, é extremamente importante no contexto da sociedade moderna.

Dentre os momentos marcantes do curso, o professor Adriano cita o ápice de mais de 700 alunos nos anos de 2010 a 2012, que é o número mais elevado até então na história das Ciências Contábeis, a nota 5 no Enade, que diz muito sobre o currículo da instituição e a capacitação dos alunos, a implantação da lei das sociedades por ações, a presença de nomes renomados palestrando na Univates como Zulmir Breda (presidente do Conselho Federal de Contabilidade), Ana Tércia Lopes Rodrigues (presidente do Conselho Regional de Contabilidade) e Germano Rigotto (ex-governador do Rio Grande do Sul).

É um dos primeiros cursos da Univates e se destaca como um dos melhores nos índices de aprovação nos Exames de Suficiência realizados pelo Conselho Federal de Contabilidade
Professor Ari Künzel

Como uma área que vem crescendo e mudando à medida que o tempo passa, o curso de Ciências Contábeis? da Univates não poderia ser diferente. O professor Azeredo informa que a matriz curricular está sendo repensada, assim como as metodologias de ensino. Essas ações são para melhor adequar a experiência em sala de aula com a agilidade que o mercado de trabalho necessita.

Profissão em família

O diplomado Telmo Wessel iniciou seus estudos na Univates em 1972. Ele conta que a paixão pela área contábil passou ao restante da família: sua esposa e os dois filhos trabalham com ele na Wessel Contabilidade. Seus pais eram agricultores; um dia, Telmo ficou fascinado ao ver seu pai fazer a escrituração fiscal da olaria de um vizinho, e a partir daí foi criando uma relação cada vez mais próxima com a contabilidade. Para ele, o que mais o marcou durante o curso foi “o privilégio de ter convivido com bons mestres, exigentes, que, com os recursos pedagógicos limitados da época, souberam transmitir o conhecimento e deixaram seu legado em nós profissionais”.

Na foto: Equipe da Wessel contabilidade. Christian Wessel no centro em cima, Raquel Wessel no centro embaixo, Telmo Ronaldo Wessel a esquerda e Lenita Wessel primeira à direita na segunda fila.

O mercado de trabalho evoluiu muito, tanto em termos de oportunidades quanto em grau de exigência e de conhecimentos. Vivemos um momento em que a tecnologia está extinguindo muitas profissões, mas o profissional contábil que detiver a informação e estiver sempre atualizado poderá contribuir muito no meio empresarial, familiar, no setor público e nas mais variadas áreas, graças à sua visão mais abrangente do mundo que a Ciência Contábil lhe proporcionou
Telmo Wessel, diplomado pela Univates

Eventos marcam a comemoração

Nos dias 17 e 18 de setembro o Seminário de Contabilidade do Vale do Taquari planeja promover, em conjunto com o Sincovat/Aescon, atividades em homenagem ao curso de Ciências Contábeis. O professor Adriano revela que está sendo preparado um encontro na Univates que reunirá diplomados e estudantes para o dia 22 de setembro, em comemoração ao Dia do Contador, entretanto devido às circunstâncias atuais a data pode ser transferida.